Tag Archives: usa-se

Maquiagem – Pele De Veludo (Tendência)

14 Nov

Na moda Outono/Inverno 2013 vimos imenso esta tendência da pele aveludada. A pele aveludada não é só uma pele mate, é o equilibrio delicado necessário para que apele não tenha brilho porém continue luminosa. Confuso? Prometo que simplifico.

Pele de veludo

Há dois caminhos para chegar à meta que é a pele aveludada. Porém, têm as suas semelhanças: a pele precisa de estar limpa e bem hidratada, de preferência com um hidratante que seja oil-free, matificante ou que, em último caso, não deixe uma película à superfície da pele. O outro pré-requisito é que as imperfeições estejam corrigidas, o que se alcançará usando um bom corrector. Posto isto, vamos às duas técnicas:

  1. Uso de uma base mate ou aveludada – pois é, está o trabalho meio feito! Realmente é a solução mais rápida e prática, mas tem os seus senãos. Para que a face não pareça plana (algo que acontece frequentemente quando se usa uma base muito mate ou se exagera no pó), será preciso algum contorno para redefinir feições. Um bronzer deve ser aplicado nos pontos de contorno normais (em especial por baixo do osso da face e no côncavo dos olhos, podendo aqui ser substituído por uma sombra neutra). Para dar a luminosidade que se pede, então, à pele de veludo, a opção será usar uma sombra mate mais clara do que a pele em três a quatro tons e aplicar nos pontos altos da face, como o osso da sobrancelha, o osso das faces, cana do nariz e topo do lábios superior (o “arco do cupido”). O jogo luz/sombra e o acabamento da base escolhida fazem o efeito completo;
  2. Matificar uma base – se a base de que dispomos não é já de si mate, então há também algo a fazer. Tudo vai começar com um primer matificante se houver essa disponibilidade. Depois, já se falou, corrigir a pele e, claro, aplicar a base. Agora é ir pegar no pó e usar de modo a que a pele fique bem matificada na zona T (testa, nariz e queixo) e menos bem empoada nas faces. O contorno já descrito pode ser feito se for necessário, se bem que por não se ter matificado totalmente as faces não fará a face tão plana, mas o iluminador pode ser dispensado.

Para acompanhar a pele mate, eu gosto de ver um blush também ele mate e os olhos ou os lábios com bastante brilho. Assim não se correrá o risco de parecer datado ou demasiado seco e empoado, o que não favorece ninguém! Isto é porém a minha opinião pessoal, e há aqui imensa liberdade de escolha. Eu iria pela utilização de um blush mate, sombras totalmente mate e uns lábios com um gloss super brilhante (estilo efeito molhado) porque é o que mais aprecio. Poder-se-ia utilizar uma sombra cintilante ou com glitter até, só desaconselho a acetinada porque nem é mate nem é brilhante – fica ali no meio e “perde-se” completamente.

Penso que as pessoas com pele mista ou oleosa gostaram mais deste look, é natural que quem tem a pele seca antes prefira algo mais luminoso. Falaremos dos meus iluminadores favoritos amanhã! As pessoas com pele matura devem evitar este efeito na pele porque muito pó envelhece e marca muito, sendo que devem optar por algo mais leve e luminoso se quiserem disfarçar o facto da pele já não estar completamente jovial.

Anúncios

Novidades – Tendências De Maquiagem Outono 2013

11 Set

Por aqui ainda não está um tempo outonal, mas nada como começar já a preparar a maquiagem para a nova estação. Abaixo apresento-vos as minhas tendências favoritas! Entretanto fica um lembrete de como fazer uma boa transição entre a maquiagem de Verão e de Outono.

Cat Eyes

Anna Sui Fall 2013 Trend Cat Eye

Anna Sui

É um olho com eyeliner ou sombra mais “puxada” para fora com uma forma triangular mais ou menos marcada. Embora as versões mais gráficas e com o desenho do tal triângulo bem marcadas possam pesar, a verdade é que se o efeito for mais subtil e bem esbatido, o olho parece mais rasgado e até mais amendoado. Se a inclinação for correcta, o olho até pode parecer ter sofrido um lifting! Para tal, basta imaginar uma linha que segue a linha das pestanas inferiores e continua em direcção às têmporas, aplicado sombra sempre ao correr dessa linha e esbatendo para cima. Fácil, fácil!

50 Tons De… Laranja!

J. Mendel Fall 2013 Orange

J. Mendel

Em particular na sombra, este tom que fica especialmente perfeito em pessoas de olhos claros (verdes, azuis e avelã/mel). Desde o cobre castanho alaranjado, vale tudo. Uma aplicação simples, só com a sombra e um nada de lápis castanho para dar definição ao olho e já está! Claro que não nos podemos esquecer da máscara. Temos o calor que este tom dá e podemos jogar e brincar com ele como quisermos, ou seja, podemos usar tons acobreados, bronze, nude neutro e pêssego para um look mais harmonioso e monocromático ou, então, ir buscar o rosa e os tons rosados para dar um contraste forte. Esta estação os tons alaranjados vêm acompanhados de tons nude, muito pouca maquiagem mesmo, mas por vezes o nosso rosto (ou seja, quem não é modelo e não está num desfile) precisa de mais um bocadinho de cor para ficar equilibrado. Com bom senso, tudo corre bem! Outro tom que se usou muitíssimo em termos de sombra foi o tom de ameixa, um castanho acinzentado arroxeado… É uma cor que gosto muito, também! Foi a aposta da Gucci e eu aprovo.

Vermelho

Oscar De La Renta Fall 2013 Red Glossy Lips

Oscar De La Renta

Nunca sai de moda, usa-se sempre, e já há uns anos que está na moda. A “novidade” esta estação é que vem em variadas texturas e tons. Desde o vermelho-laranja, ao vermelho Ferrari até ao vermelho Vinho Do Porto, tudo se usa. Mate, glossy, com efeito manchado… Já me alonguei sobre o batom vermelho  não quero tornar-me repetitiva, mas se nunca usaram, experimentem! Há um vermelho para cada mulher! Particularmente sou apologista do mate, é o meu acabamento favorito, mas quem goste de gloss, pode e deve abusar, sendo que o truque é aplicar corrector e pó ao redor dos lábios, preencher os mesmos com lápis e, depois, batom + gloss, batom líquido ou apenas gloss colorido para uma boa densidade/intensidade de cor. O corrector elimina possíveis imperfeições que ficariam demasiado notórias com o batom vermelho a “apontar” para elas, o pó fixa o corrector e impede que o gloss “fuja”, sendo que este efeito delimitador é ajudado pelo lápis de lábios. O que está fora de moda é o gloss com glitter conjugado com o batom vermelho – é muito Natalício e não chegamos lá. Ainda!!! Mas falando em glitter…

Glitter Nos Olhos

Chanel Fall 2013 Glitter Eyes

Chanel

Tenho uma coisa a dizer. Eu ADORO glitter, só não adoro é ter que o retirar (tarefa hercúlea, diga-se!) – mais sobre glitter e a minha paixão pelo mesmo aqui. Peter Philips é o maquiador responsável pelo look que vêm aqui cima, com lantejoulas e brilhantes pequenos colados nas pálpebras, mas a (adorada, idolatrada) Charlotte Tilbury misturou sombra em creme com glitter e usou isso no desfile Donna Karen. O que importa é que brilhe, e se brilha, vale! Talvez seja um visual a reservar para festas, mas não há nada que nos impeça de usar um bocadinho de brilho no dia-a-dia, basta apenas ter a consciência de que um brilho com uma partícula menor é mais elegante e que a moderação é a chave para o uso diário de coisas tão festivas! A maquiagem que foi conjugada com estes olhos brilhantes enquadra-se essencialmente no minimalismo e nos tons nude, excepto as sobrancelhas – estas foram sempre bem marcadas para dar definição e “poder” ao olhar. Fará a diferença entre o vulgar e o sofisticado.

A outra tendência que imperou foi a sombra cinzenta, que merece um post só para ela (Maquiagem – Sombra Cinza). Não é tão simples quanto possamos pensar. Pretendem seguir alguma destas tendências?

%d bloggers like this: