Tag Archives: tendência

Maquiagem – Pele De Veludo (Tendência)

14 Nov

Na moda Outono/Inverno 2013 vimos imenso esta tendência da pele aveludada. A pele aveludada não é só uma pele mate, é o equilibrio delicado necessário para que apele não tenha brilho porém continue luminosa. Confuso? Prometo que simplifico.

Pele de veludo

Há dois caminhos para chegar à meta que é a pele aveludada. Porém, têm as suas semelhanças: a pele precisa de estar limpa e bem hidratada, de preferência com um hidratante que seja oil-free, matificante ou que, em último caso, não deixe uma película à superfície da pele. O outro pré-requisito é que as imperfeições estejam corrigidas, o que se alcançará usando um bom corrector. Posto isto, vamos às duas técnicas:

  1. Uso de uma base mate ou aveludada – pois é, está o trabalho meio feito! Realmente é a solução mais rápida e prática, mas tem os seus senãos. Para que a face não pareça plana (algo que acontece frequentemente quando se usa uma base muito mate ou se exagera no pó), será preciso algum contorno para redefinir feições. Um bronzer deve ser aplicado nos pontos de contorno normais (em especial por baixo do osso da face e no côncavo dos olhos, podendo aqui ser substituído por uma sombra neutra). Para dar a luminosidade que se pede, então, à pele de veludo, a opção será usar uma sombra mate mais clara do que a pele em três a quatro tons e aplicar nos pontos altos da face, como o osso da sobrancelha, o osso das faces, cana do nariz e topo do lábios superior (o “arco do cupido”). O jogo luz/sombra e o acabamento da base escolhida fazem o efeito completo;
  2. Matificar uma base – se a base de que dispomos não é já de si mate, então há também algo a fazer. Tudo vai começar com um primer matificante se houver essa disponibilidade. Depois, já se falou, corrigir a pele e, claro, aplicar a base. Agora é ir pegar no pó e usar de modo a que a pele fique bem matificada na zona T (testa, nariz e queixo) e menos bem empoada nas faces. O contorno já descrito pode ser feito se for necessário, se bem que por não se ter matificado totalmente as faces não fará a face tão plana, mas o iluminador pode ser dispensado.

Para acompanhar a pele mate, eu gosto de ver um blush também ele mate e os olhos ou os lábios com bastante brilho. Assim não se correrá o risco de parecer datado ou demasiado seco e empoado, o que não favorece ninguém! Isto é porém a minha opinião pessoal, e há aqui imensa liberdade de escolha. Eu iria pela utilização de um blush mate, sombras totalmente mate e uns lábios com um gloss super brilhante (estilo efeito molhado) porque é o que mais aprecio. Poder-se-ia utilizar uma sombra cintilante ou com glitter até, só desaconselho a acetinada porque nem é mate nem é brilhante – fica ali no meio e “perde-se” completamente.

Penso que as pessoas com pele mista ou oleosa gostaram mais deste look, é natural que quem tem a pele seca antes prefira algo mais luminoso. Falaremos dos meus iluminadores favoritos amanhã! As pessoas com pele matura devem evitar este efeito na pele porque muito pó envelhece e marca muito, sendo que devem optar por algo mais leve e luminoso se quiserem disfarçar o facto da pele já não estar completamente jovial.

Anúncios

Maquiagem – Sombra Cinzenta

12 Set

Uma das grandes tendências para o Outono de 2013, a sombra cinzenta. É uma cor que tende a ser difícil de trabalhar, muito à semelhança da sombra cor-de-rosa, mas não é um bicho de sete cabeças. Nada que um bom par de dicas não resolva!

Galliano Outono 2013 Fall Makeup

Galliano Outono 2013

A questão com o cinzento é que, por vezes, tende a tornar mais óbvios os tons cinzentos do nosso rosto, tons esses que associamos ao estar doente e cansado porque é essa a cor que a pele toma quando nos sentimos sem energia, é essa a cor das olheiras (e quem é que quer que as suas olheiras pareçam mais fortes?) e é essa a cor que adquire uma pele baça que parece ser pouco ou mal cuidada. É também esse o efeito, o de acinzentar a pessoa, que o cinzento pode ter em pessoas com um tom de pele quente (mais amarelado), de modo que, para quem tenha a pele mais rosada é muito mais fácil usar um cinzento médio ou mais sob o claro.

As sombras cinzentas podem, como qualquer cor, ser claras ou escuras. As mais fáceis de trabalhar são, sem a menor sombra de dúvida, as mais escuras. Usam-se como a sombra preta, simplesmente são mais suaves e discretas – com ela podemos delinear os olhos para quando não queremos apostar no drama da sombra preta, podemos fazer um smokey eye cor de fumo (apropriado…) e podemos dar um pouco de profundidade a um look menos carregado mantendo-o, ainda assim, suave. O cinzento escuro é daqueles tons que devia obrigatoriamente estar presente no arsenal das pessoas de pele mais clara porque tende a favorecer imenso independentemente da cor dos olhos. Aliás, é um tom neutro – chumbo, aço, antracite e tantos outros tons de cinzento são perfeitamente utilizáveis no nosso dia-a-dia e podem e devem ser combinados com outras cores.

Quanto aos cinzentos claros, começamos a ter uma pequenina dificuldade. Todos nós já vimos como é feio e datado andar-se por aí com uma sombra branca ou pastel opaca, é algo que fica feio e não serve propósito absolutamente nenhum (sem ser a gracinha de combinar a sombra com a roupa). O cinzento claro pode cair no pastel, e esta cor deve ser evitada no geral – qual cinzento é mais claro do que a nossa pele depende de como é que nós somos e estamos! O que é claro para mim não o será para uma pessoa mais clara do que eu e o que é mais escuro do que a minha pele pode não ficar bem numa pele mais escura do que minha. Excepção feita aqui para  o prateado, que é um cinzento com muita reflexão de luz (metalizado, muito brilhante ou em glitter, por exemplo) – ainda assim, estes tons devem idealmente ser reservados para ocasiões festivas e/ou detalhes.

Há cuidados a ter na escolha da sombra uma vez que se está na loja – nem todos os cinzentos são realmente cinzentos “puros”, se olharmos bem e em especial com acabamentos cintilante (que acaba por cair na categoria do prata ou do metalizado), não raras vezes vamos encontrar sombras que quando aplicadas e muito em particular, esbatidas, acabam por ficar com um tom azulado, esverdeado ou arroxeado na pele. Se, em grande parte, isto se deve ao tom da nossa pele que consegue “ultrapassar” a sombra na sua aplicação menos opaca, outra parte deve-se ao facto de que muitas vezes as marcas fabricam cores com tons subtis que fogem ao cinzento/prata exactamente para contrariar o efeito de “empalidecer” a pessoa. Tanto assim que quem geralmente foge aos azuis mais subtis (azul céu, por exemplo) tende também a não gostar de se ver de cinzento médio e claro. Este truque dos subtons que as marcas colocam nas sombras cinzentas pode resultar ou não, mas isso já são outros quinhentos! Contudo, não há nada como experimentar e, quando ser vai às compras, ir com olhos de ver!

Quanto à tendência Outono 2013, a sombra cinzenta vai usar-se aplicada pela pálpebra móvel e bem esbatida, num efeito a roçar o transparente. É só mesmo um nadinha de “fumo” para que os olhos não se apresentem nus.  É conjugada com lábios mais fortes, tom de vinho, vermelho ou até mesmo rosa, mas as cores mais quentes (laranjas e alaranjados bem como pêssegos) ficam de parte quando se quer seguir esta nova tendência.

É uma cor que usam ou já usaram? Visto que vai ser moda na próxima estação, gostariam de experimentar?

Novidades – Guerlain Voilette de Madame Collection (Outono 2013)

31 Jul

Palavra, eu tinha um plano para hoje! Ia falar-vos de uns produtos novos para as pernas e tal, e tal… Mas depois deparei-me com as imagens da mais recente colecção de maquaigem da Guerlain e tudo o resto se evaporou da minha ideia…

Guerlain Voilette de Madame Collection

Guerlain Voilette de Madame Collection

“Voilette” é uma espécie de véu de tule ou renda aberta que se encontra em certos chapéus ou, mais frequentemente, em adornos de cabelo para noivas e que cobre até algures entre os olhos e o queixo (tipo assim). A colecção foi inspirada neste tipo de véus, que fazem uma mulher misteriosa. Irresistível e capaz de expressar a sua sedução e personalidade com estilo e feminilidade.

Blush Guerlain Voilette de Madame Collection

Blush Guerlain Voilette de Madame Collection

Como sabem, a Guerlain é uma marca de luxo, tudo é pensado ao pormenor e executado à perfeição. A colecção consta de quatro lápis automáticos resistentes à água/longa duração (preto, castanho, azul marinho, prata e roxo), oito duos de sombras (tons entre o azul, o castanho, o rosa e alguns metálicos), um blush com quatro tons, um verniz (fucsia), três batons (rosa, fucsia e vermelho) e ainda três glosses (fucsia, vermelho e roxo, tudo com brilho).

Guerlain Voilette de Madame Collection - Sombras

Guerlain Voilette de Madame Collection – Sombras

Maquiagem – Tendências Primavera 2013

3 Maio

Estou super atrasada, eu sei, mas nas palavras de Shakespeare, antes tarde que nunca!

Cores Vivas

cores vibrantes akris primavera 2013O vermelho continua no topo das cores mais cobiçadas, mas para esta primavera vem em acabamentos mais cremosos (nem mate, nem brilhante) e em tons mais abertos. Além do vermelho, o tangerina e o rosa-pastilha foram cores muito vistas nos desfiles da estação. Essencialmente, cores berrantes e chamativas mas mais sobre o luminoso. A foto acima é do desfile da marca Akris, mas nomes mais familiares como Gautier, Prada e Dolce&Gabbana também foram na tendência.

Eyeliner em Overdose

roberto cavalli eyeliner kajal khol

Sabem aquele lápis preto que está algures nas profundezas daquela recôndita gaveta? Esse, esse mesmo! É altura de o ir buscar. Nomes como Roberto Cavalli, BCBG e Lanvin também o foram desencantar depois de o esquecer por algumas estações. Eyeliner por dentro, por fora, por cima, por baixo do olho mas sem um esfumado excessivo. O truque aqui é fazer a linha suave mas não smokey; para tal o ideal é um lápis macio como khol em quantidades moderadas e usar um pincel pequeno e compacto apenas o suficiente para não se ter uma linha demarcada. Entra aqui um pouco o conceito do smoldering eyes. Geralmente este look parece-me mais Outonal, mas as noites de Primavera ainda aguentam bem um bom pedaço de eyeliner preto sem o derreter!

Pestanas Postiças

pestanas postiças gautier primavera 2013

Gucci e Moscino atestam esta tendência. O que se usa é um tipo de pestanas à anos 60, separadas e “em tufos”, com as pestanas definidas e notórias. Não são difíceis de colocar, acreditem, já falamos nisso com detalhe. Se mesmo assim não quiserem usar as pestanas falsas mas gostarem do look, encontrar uma máscara de pestanas/cilios que alongue e não dê volume (ou dê pouco) dá um efeito dentro das mesmas linhas. Pestanas de boneca é a expressão me que vem à ideia.

Verde e Azul

verde sombra kenzo 2013 primavera

O azul já tem vindo a ser moda, mas o verde é novidade. Não é uma cor assim fácil, fácil de usar, mas nada impossível. Pele com tons amarelados como a pele mediterrânea a e asiática aceitam melhor o verde e peles mais rosadas como a nórdica por exemplo, mais o azul. Em pele escura, usar e abusar das cores, de qualquer cor, é sempre boa ideia.

 

Verniz – Layla Bubbly Effect

28 Mar

Vernizes com efeitos são a grande moda há já uns tempos, há para todos os gostos! Acabamento areado, mate, craquelado, espelho… Acho que já lhes perdi a conta, para ser sincera. Hoje trago-vos a mais recente novidade da Layla, os Bubbly Effect (sim, o nome é ternurento, também acho).

Layla Bubbly Effect Cor E Top Coat

Layla Bubbly Effect Cor E Top Coat

A teoria por detrás destes vernizes é semelhante à  por detrás dos vernizes craquelados, até acho o acabamento bastante semelhante. É um verniz  que necessita de duas camadas de verniz “comum” por baixo que estejam já bem secas. O verniz com efeito não adere totalmente ao verniz dito normal e produz o efeito visual que podemos observar. No caso do Bubbly Effect, isto acontece porque o verniz é à base de água. Também por isso é absolutamente imperativo que se use uma top coat apropriada que não só fixe e dê brilho mas que também não acabe por dissolver e borrar o verniz colorido.

A Layla lançou recentemente estes vernizes e há variadas cores, entre tons de azul, vermelho, preto e outros, há um para cada combinação desejada. Importante mesmo é aplicar a camada mais fina possível do verniz Bubbly Effect com cor, dado que quanto mais fina a camada aplicada, mais notório será o efeito. Falando em efeito…

Layla Bubbly Effect

Layla Bubbly Effect

Confesso que estes vernizes não fazem muito o meu estilo pessoal, mas ainda assim não desgosto. Duram bastante, quase quase uma semana – aliás, pequenas marcas de uso nem sequer são muito notórias dado que podem perfeitamente esbater-se no efeito do verniz. Claro que a durabilidade do verniz também vai ser influenciada pela duração do que lhe servir de base!

Esta cor, a 04 Cherry Muffin (lá está, nome ternurento e já agora apetitoso) é um vermelho cerise muito bonito, é uma das minhas cores de verniz favorito. É fácil de combinar e vai bem com muitos tons de pele. O veredicto final é que se apostaram em vernizes craquelados e se gostam do efeito dos mesmos, devem mesmo experimentar também os Bubbly Effect.

E vocês, que pensam dos vernizes com acabamentos fora do comum?

 

Inspiração

10 Mar
Dolce & Gabbana - Outono Inverno 2013/2014

Dolce & Gabbana – Outono Inverno 2013/2014

Dolce & Gabbana - Outono Inverno 2013/2014

Dolce & Gabbana – Outono Inverno 2013/2014

A sinceridade é uma coisa importante, certo? E eu sou sincera convosco, certo? Então eu sinceramente confesso que não sei se gosto mais da maquiagem ou do restante styling, incluindo a coroa.  Estas imagens foram do desfile da Dolce & Gabbana para o Outono/Inverno 2013-2014. Não sou grande fã da marca, mas eles excederam-se este ano e adorei quase tudo o que mostraram. Ah, se a minha carteira não tivesse fundo…!

A maquiagem é basica, eyeliner líquido e batom cor de vinho, pele bem trabalhada a nível de base bastante reflectiva e iluminada e corrector, com um bocadinho de nada de contorno. Nada de blush e sobrancelhas bem penteadas, espessas, mas não excessivamente definidas.

Inspiração

3 Fev

Mais é mais - maquiagem azul marinho

“Mais é mais”, diz Aaron De May, Director Criativo da Lancôme, “As mulheres querem parecer fortes, poderosas e sexy outra vez.” Acho que não preciso de dizer que vai de encontro à minha filosofia pessoal e à deste blog.

A maquiagem acima apresenta as unhas a condizer com a sombra, tons de dourado e azul, uma combinação mais do que clássica. O contraste vem nos lábios, o vermelho alaranjado “aquece” todo o look. Não, não estou a sugerir que saiamos à rua de smokey eye azul escuro e safira e batom vermelho tomate, mas um bocadinho de ousadia esta semana que hoje entra pode ser bem vinda. Vá lá, pelo menos nas unhas. Sim? Estamos combinados?

Inspiração

7 Out

Esta maquiagem pertence ao desfile Primavera/Verão 2013 da designer Holly Fulton.

Nesta foto, podem-se observar 3 elementos que mereceram figurar hoje aqui no Invicta Maquiagem! Comecemos pelas sobrancelhas da modelo. São espessas e penteadas mas são baste claras. É uma tendência que confesso gostar imenso! Depois, as sardas. As sardas que vêm aqui não são propriamente da modelo, foram “feitas” com maquiagem – sei isso porque vejo que a base é bastante espessa e, como tal, com bastante cobertura; além disso, estão demasiado “certinhas” e contidas só nas faces para serem verdadeiras. Falsas ou não, as sardas são lindas e vão ter lugar de destaque tanto nesta estação como nas vindouras. O terceiro elemento (ao qual é impossível escapar) são os lábios.

Os lábios são malva e têm desenhado uma espécie de coração a vermelho, no centro. A maioria das pessoas não vai levar isto à letra, mas os lábios ombre são uma excelente alternativa e modificação para o dia-a-dia: pintando os lábios de uma cor, pega-se depois num lápis labial da mesma cor mas de um tom mais escuro e preenchem-se os cantos dos lábios (superior e inferior) com o mesmo, tendo o cuidado de depois esbater a linha de demarcação entre os dois tons. Gosto imenso!

Boa semana!

Maquiagem – Tendência – Olhos & Boca

9 Ago

Esta tendência não é para quem fuja a sete pés de maquiagem nem para quem esteja interessado em seguir à risca tudo o que nos vem a ser ensinado estes anos todos sobre destacar os olhos ou lábios, mas nunca as duas coisas ao mesmo tempo.

Diane Kruger (Premiere de "Inglourious Basterds" em Berlim)

Diane Kruger (Premiere de “Inglourious Basterds” em Berlim)

Não sei muito bem se esta tendência surgiu como uma resposta natural à roupa mais gótica que vimos em muitos desfiles ou se está a aparecer cada vez mais e mais porque as colecções de maquiagem para este outono/inverno têm demasiados produtos lindos e é difícil escolher usar só alguns. Este look já surgiu em 2009 e não pegou, mas acho que este ano é o ano. Talvez os vampiros tenham alguma coisa a ver com isto?

Leighton Meester

Leighton Meester

Geralmente não sou do tipo de usar determinada maquiagem só para o dia e outra só para a noite, mas confesso que um smokey eye e uns lábios cor de sangue juntos ficam muito melhor, mais sedutores e não tão “tcha-ran!” à noite. Confesso também que quando comecei a ver esta tendência fiquei encantada (adoro este look), mas comecei logo a deitar as mãos à cabeça porque não é o look mais fácil de conseguir e de conseguir usar sem que ele nos use a nós.

Promo da colecção de maquiagem YSL Outono 2012

Promo da colecção de maquiagem YSL Outono 2012

Para conseguir este look e usa-lo na perfeição há alguns passos a seguir. Primeiro a pele: a pele tem que estar perfeita. Base, corrector, iluminador… tudo. Não pode falhar um detalhe! As meninas de pele mais clarinha e as mais novinhas podem ficar com um ar gótico com muita facilidade pela maquiagem tão pesada. O truque, se estiverem à procura de look mais Hollywood e mais glamouroso, é substituir o blush por uma aplicação suave e leve de bronzer, escurecendo assim um bocadinho a pele e dando um ar saudável a todo o rosto. O que não pode ser é não usar nem bronzer, nem blush – claro, exageros neste departamento estão fora de cogitação, mas um bocadinho para dar harmonia e equilíbrio fica sempre bem.

Megan Fox

Megan Fox

Passando aos olhos, a ideia é um smokey eye. Cinza, castanho ou preto serão as  melhores apostas no geral, não só para dar mais liberdade na escolha do batom (já que os tons que referi são neutros, dão com tudo), mas também para manter o look sóbrio. A evitar é o lápis por dentro do olho, as sobrancelhas carregadas e as sombras mal esbatidas. Na minha opinião, o segredo maior deste look é esbater bem as sombras sem sair muito da pálpebra móvel. Um smokey eye levado até quase à sobrancelha é muito bonito se for para se manter por si só. Havendo dois pontos focais na maquiagem, há que ceder de parte a parte. O glitter está permitido, mas em doses muito moderadas. Mantendo a maior parte do look dos olhos matte, vamos poder ter mais controle no look sem depender da luz (o glitter e o brilho reflectem a luz e com o uso destes produtos cintilantes ficamos a depender da luz, que muda de lugar para lugar, de sala para sala, para a harmonia do nosso look. Com um look complexo, não precisamos de estar a depender de terceiros para que o visual nos acente bem).

Megan Fox (outra vez! Desta vez para a colecção de maquiagem Armani)

Megan Fox (outra vez! Desta vez para a colecção de maquiagem Armani)

O batom requer uma escolha cuidada. Quanto mais escura a pele de quem o usa, mais escuro pode ser o batom. Vou voltar a recomendar a textura matte ou semi-matte: sem partículas visíveis de brilhos e sem perolados é a melhor aposta. É preciso escolher o batom de acordo com o tom de pele. Lembrem-se que os batons escuros têm tendência a mudar um pouco a nossa coloração natural e, como tal, é muito importante que experimentem o batom escuro antes de o comprarem. Prometo um artigo especial só a falar de batons escuros!

Promo Chanel

Promo Chanel

Quanto à quantidade de maquiagem, que pode preocupar algumas pessoas, o que tenho a dizer pode ser um bocadinho controverso. Há pessoas que podem usar bastante maquiagem e que aguentam bastante maquiagem sem parecer maquiadas de mais – há outras pessoas que não. Alguns maquiadores dizem que tem a ver com a idade da pele, outros dizem que tem a ver com a estrutura óssear ser mais angular e outros ainda contradizem tudo isto. Para mim, enquanto pessoa que se maquia, que maquia outros e que passa metade da vida a olhar, examinar e estudar fotos de maquiagem, acho que vai da confiança da pessoa. Uma mulher confiante e segura de si pode usar a quantidade de maquiagem com que se sentir bem, seja lá a quantidade que for.

Experimentem duas ou três, vejam como fica, como se sentem e se gostam. Se não, basta lavar o rosto! Afinal é só maquiagem e a maquiagem é só um acessório!

Novidades – Dior Golden Jungle Collection

4 Jul

Há coisa de dois ou três anos resolvi assumir a minha paixão pelos padrões animais. De todos, o meu preferido é o Leopardo e, sim, uso-o. Era o preferido de Christian Dior, também!

E falando em Dior, há muito, muito tempo resolvi assumir a minha paixão pela casa Dior. O John Galiano tinha lá os seus problemas (é…), o Raf Simons deixa-me algumas dúvidas para já (como, de resto, me deixam dúvidas todas as pessoas que ousem vociferar o palavrão “minimalismo”).  Contudo, isto pouco importa porque a Dior vai lançar, neste Outono, uma colecção de maquiagem inspirada no padrão de leopardo que será de edição limitada.

Esta colecção é composta por um compacto com sombras e gloss, vernizes (entre os quais um com efeito craquelado), batons e duas paletas de 5 cores na disposição normal dos compactos de sombras da marca.

Os tons neutros que ligamos à selva e aos safaris imperam, bem como o tradicionalíssimo brilho dourado que caracteriza a marca e nos lembra o luxo e o glamour. 

A partir de agora, e até eu conseguir deitar as minhas mãozinhas gananciosas no compacto (foto imediatamente acima) com as sombras em padrão de leopardo e gloss, considerem-me em “modo poupança”.  Esta paleta vem em duas familias de cor, sendo uma mais dourada e castanha e a outra mais dourada e esverdeada. Verdes não são muito a minha cor, de maneira que quero a primeira!

%d bloggers like this: