Tag Archives: recomendação

Novidades – Eucerin Even Brighter Clínico

18 Set

Tenho muita pena que a Eucerin, uma marca de venda em Farmácia, não seja mais conhecida. A culpa é deles, lá isso é, mas é uma marca boa e de preço razoável e como tal quero apresentar-vos a mais nova linha da marca – Even Brighter Clínico, a solução para manchas e marcas de pigmentação, a tal hiperpigmentação.

Eucerin Even Brighter

Eucerin Even Brighter

A Eucerin lança agora um tratamento para manchas, marcas de acne, melasma, pigmentação por causas hormonais e outros tipos de pigmentação excessiva e não uniforme, tratamento esse que se apresenta como uma grande inovação. O tratamento promete resultados visíveis após 4 semanas de uso apropriado e dá-se por completo ao fim de 12 semanas.

O primeiro produto lançado no mercado Português é o “Corrector de Manchas Redutor de Pigmentação”. É um produto com elevada concentração de B-resorcinol, a tal inovação que a  Eucerin está a publicitar. A função deste produto é reduzir as manchas por redução da produção do pigmento (a melanina) que as causa. É um tratamento localizado, ou seja, só se usa mesmo em cima das manchas – é adequado para aquela pessoa que tem uma meia dúzia de manchas localizadas das quais se quer livrar. É um tudo semelhante a um lipgloss com um aplicador também semelhante, tem um cheiro alcoólico bastante forte, mas desaparece assim que aplicado. Custa 14,90€ em média e deve ser usado preferencialmente com o creme de dia da mesma linha ou um bom protector solar.

O creme de dia é mais um dos produtos lançados no nosso mercado. Custa cerca de 21€, tem SPF 30, e reduz a pigmentação por ter o tal B-resorcinol e também um ácido. Este estimula a pele a reparar os danos que lhe foram causados e também protege e previne mais manchas na medida em que tem protecção solar.

O terceiro produto lançado é uma espécie de sérum. É o “Concentrado Redutor De Pigmentação” e tem também o B-resorcinol e o ácido glicirretínico como o creme de dia. Custa 26,50€ por 6 ampolas, sendo que cada uma é suficiente para uma semana. É um tratamento anti-pigmento intensivo, torna a pele mais uniforme e mais luminosa, deve ser usado 2 vezes ao dia, é compatível com a maquiagem e é não comedogénico. Vem com uma bula (o papelinho que vem dentro) com todas as informações necessárias sobre o que é o que causa a pigmentação e como actua o tratamento. Como sérum que é não dispensa a aplicação de creme de dia e de noite conforme a ocasião.

Por alguma razão que escapa profundamente ao meu entendimento não foi lançado nem apresentado em Portugal o creme de noite, o que não faz sentido nenhum. Para mim, um tratamento de pigmentação deve ter o princípio activo concentrado no creme de noite e o creme de dia deve ser nada mais do que um bom hidratante com uma boa protecção solar, por isso aponto já esta grande falha ao tratamento. Fora isso, tem tudo para resultar e garanto que o experimentaria se tivesse manchas de pigmentação.

Há toda a espécie de informação cientifica mas explicada de modo acessível no site da Eucerin, porém só está disponível em Inglês.

Anúncios

Novidades – Photoderm AKN Mat SPF 30 / UVA 13 da Bioderma

28 Ago

Hoje venho apresentar um produto, não é tanto uma resenha, mas mais uma apresentação de algo que pode ser extremamente útil para quem tenha a pele com tendência acneica (ou seja, a ter acne). Trata-se de um protector solar/creme de dia bastante específico.

bioderma akn mat mate solar

Proteger a pele do sol é importante em qualquer idade e com qualquer tipo de pele, mas quando se tem acne, é especialmente importante. Geralmente quem tem acne é ainda muito novo e normalmente descuidado com a exposição solar ou, então, acha sinceramente que depois de um pouco de sol a acne melhora (e melhora, por uns dias, para depois voltar bem pior). Além de sabermos o mal que a exposição solar faz, também nos devemos lembrar que quase todos se não mesmo todos os tratamentos para acne sejam locais ou não (comprimidos, por exemplo) aumentam imenso a sensibilidade ao sol – desde a formação de manchas até a uma facilidade muitíssimo elevada de queimar. Estou a falar de cremes para as borbulhas que provocam manchas no local quando há exposição não protegida ao sol até mesmo horas depois da aplicação, estou a falar da pílula anticoncepcional que muitas mulheres tomam para entre outras coisa ajudar a regular a pele e que faz com que a pele queime mais depressa, de certos antibióticos que se usam no tratamento da acne sob indicação médica que dão à pele exposta ao sol um cor amarela/alaranjada muito inestética e, em especial, de medicamentos mesmo específicos para acne que sensibilizam a pele de sobremaneira.

Assim, a necessidade de uma protecção solar todo o ano mas em especial no tempo quente está mais do que justificada. Porém, muitos dos protectores solares comuns são untuosos e nada apropriados para quem tem um problema de pele que pode ser até bastante grave, para não falar do quão desconfortável é um protector solar não adequado numa pele oleosa (regra geral, quem tem acne tem a pele oleosa  – para saber mais sobre acne, já referi esta semana, os artigos Acne Parte I e Acne Parte II bem como 5 Mitos Da Acne são muito modestamente recomendados por mim).

A Bioderma, uma marca que me merece confiança, lança um protector solar específico para pele com tendência a ter acne. Como diminui a produção de oleosidade, previne a formação de tantas borbulhas, tem um espectro de protecção largo (UVA e UVB) e um SPF alto o suficiente. Porque tem ingredientes que são fruto de avanços científicos relativamente recentes, reduz o risco de danificar células com a exposição solar e promove uma pele mais limpa e mais bonita, além de mais saudável. O acabamento deste produto é mate, ou seja, além de não brilhar nem ficar esbranquiçado, vai fazer com que a pele brilhe menos o que é um benefício estético.

O produto tem fragrância, mas é livre de parabenos, não-comedogénico e hipoalergénico. Pode ser aplicado enquanto creme de dia ou só como protector solar quando se prevê exposição ao sol – a quantidade adequada deve ser aplicada de forma apropriada ao rosto, pescoço e, se for o caso, colo (vulgo, parte de cima do peito). Espreitem a página da marca que fala sobre o produto aqui e adquirir o produto numa boa farmácia.

Alguma vez usaram algum produto da Bioderma? Gostaram? 

Não se esqueçam de subscrever ao blog e/ou de dar um like na página do Facebook (aqui).

Corpo – Ergonomic Foot File da Douglas

13 Ago

Parece uma nave espacial, mas não é! Trata-se de uma lixa para pés com um formato fácil de manusear.

Douglas Ergonomic Foot File

Douglas Ergonomic Foot File

Por vezes, para calosidades dos pés ou, até mais, para os calcanhares, é preciso uma esfoliação muito intensiva. É esse o propósito das pedras-pome, de aparelhos e utensílios que são muito ásperos e raspam a pele grossa destas zonas mas problemáticas. Porém, é manifestamente pouco confortável estar a segurar uma pedrinha e passar inúmeras vezes nos calcanhares, estando nós numa posição dobrada, depois a pedra escorrega, não se encontra jeito para pegar naquilo… A Douglas vem resolver este problema, com uma lixa muito áspera parecida a uma pedra mas num formato muitíssimo mais fácil de segurar.

Douglas Foot File Ergonomic

Douglas Foot File Ergonomic

Depois dos pés molhados para amolecer a pele da qual nos queremos livrar, seja deixando “de molho” por cinco a dez minutos em água morna ou após o duche, usa-se este aglomerado de cristais em movimentos circulares sem demasiada pressão para retirar a pele morta. Não é nenhuma ciência, mas é importante lembrar que é melhor tirar menos do que achamos necessário e tirar um pouco mais amanhã ou depois do que tirar a mais e deixarmos a pele tão sensibilizada que esta grete, abra, potencie infecções ou até torne o acto de andar doloroso. Como sempre, e em especial em zonas tão agredidas como os calcanhares, hidratar imediatamente após a esfoliação é imperativo!!! Eu gosto imenso de bálsamos para pés, são mais espessos, o meu preferido é o da Rituals, mas há inúmeros produtos excelentes no mercado. Na foto abaixo podem ver uma aproximação dos cristais em causa – se tiverem a oportunidade de ver o produto em mãos, tenham cuidado ao passar o dedo porque vão magoar-se! O que é para os pés é muito agressivo para a pele mais fina das mãos. Potencialmente esta lixa pode durar anos e anos a fio, claro que vai perdendo características, mas funcionará durante muito tempo.

Douglas Foot File - detalhe

Douglas Foot File – detalhe

Não é um produto super sofisticado, não é um milagre, mas é incrivelmente útil e por 9,20€ não está nada mau! Aprovo! Não é o produto mais glamouroso de todo o sempre, mas tratar dos pés é sem dúvida necessário.

Cuidados De Pele – Eye Revive Beauty Flash da Clarins (review)

25 Mar

Já há quase um ano que vos falei sobre cremes de olhos e hoje trago-vos a resenha de um que tenho vindo a usar. Sim, é mais um produto Clarins, o meu affair com a marca tinha arrefecido um pouco mas está de volta!

 Eye Revive Beauty Flash da Clarins

Eye Revive Beauty Flash da Clarins

A marca promete um creme de olhos rico como um bálsamo mas ainda assim leve, com um efeito instantâneo des-fatigante, ou seja, promete que os olhos vão parecer mais descansados, como se tivéssemos tido uma noite de sono bem melhor do que na realidade tivemos. Os ingredientes principais (pétalas de rosa e chá branco) removem as toxinas para minimizar olheiras, dar luminosidade  reduzir o inchaço e a flacidez, bem como as primeiras ruguinhas. Em 2011 ganhou um prémio da revista Harper’s Bazaar como sendo um dos melhores cosméticos para a zona de olhos.

O creme hidrata a protege a zona dos olhos, isso posso atestar – já sabem que a minha pele não gosta de frio e eu andava a sentir esta zona do rosto particularmente necessitada de (mais!) cuidado extra. Hidratando bem o contorno dos olhos é mais do que espectável que se acabe com a maior parte das linhas mais finas e primeiros sinais de rugas ou linhas de expressão e alguma flacidez. Nisto, o creme faz um bom trabalho, sendo apropriado até para olhos sensíveis (como os meus!). Quanto ao inchaço, até vi resultados, mas não foram tão instantâneos como eu estava à espera. Ao fim de duas semanas de uso já reparei que estava a preocupar-me menos com o inchaço dos olhos, de modo a que é um daqueles casos em que vale bem insistir e persistir – o mesmo acontece, até certo ponto, com a coloração mais escura das olheiras, se bem que no meu caso são genéticas e já pouco há a  fazer.

Sobre uma pele cuidada e hidratada, toda a maquiagem fica melhor e dura mais; assim acontece também com o corrector de olheiras. Com um bom creme de olhos que seja adequado à nossa pele, não oleoso e aplicado em quantidade conveniente (nem a mais, nem a menos), o corrector de olheiras vai ser mais eficaz. O Eye Revive Beauty Flash, além de ajuda ao trabalho do corrector/correctivo também tem propriedades que ajudam a pele a ganhar luminosidade o que, por sua vez, também vai fazer com que se acabe por usar menos corrector dado as olheiras serem assim disfarçadas. Apesar da luminosidade este creme não tem partículas reflectoras visíveis (glitter, nacarados, etc.).

Para aplicar este produto, é necessário aquecer ligeiramente entre os dedos e pressionar gentilmente na pele em redor dos olhos do canto interno para fora, em cima e em baixo. Deve ser aplicado de manhã e/ou à noite, se bem que aplicando de manhã este ajuda a proteger das agressões do dia-a-dia e ajuda, como já falamos, ao efeito do corrector de olheiras.

O meu veredicto final é que não é um creme assim de marcar a História da Humanidade para todo o sempre, mas é um bom produto, que dura imenso tempo (a marca recomenda aplicar o equivalente a um grão de arroz), custou-me 32,75€ na Douglas e que não tenho porque não recomendar.

Cuidados De Pele – Máscara Hidratante De Framboesa Docteur Renaud (Review)

5 Mar

Feita com extractos de frutas, um cheirinho a gelado de framboesa e com uma relação qualidade-preço bastante razoável  hoje trago-vos uma máscara hidratante especialmente boa para a pele desidratada por algum tipo de agressão.

Docteur Renaud RASPBERRY SOFT MASK

Docteur Renaud RASPBERRY SOFT MASK

O que é suposto fazermos quando a máscara que costumamos usar acaba, a que queríamos comprar de seguida ainda não chegou, mas a nossa pele está a revoltar-se contra a falta de hidratação? Corremos para a perfumaria ou farmácia para tentar arranjar uma solução “provisória” – sim, porque a pele a repuxar, arder e ficar vermelha é das piores sensações que consigo imaginar. A minha pele odeia o frio (vá, eu, em geral, como um todo, odeio o frio), e reage-lhe muitíssimo mal. Todos os anos que vêm mais frios acontece a mesma coisa e, atenção, onde eu moro não se faz sentir um Inverno muito rigoroso. A maneira que eu encontrei de manter a pele na melhor condição possível é apostar nas máscaras hidratantes e é por isso que, durante a estação fria, ando sempre com elas atrás de mim. Quando o frio e o vento se juntam, é ver-me a fazer máscara hidratante dia sim, dia não.

A marca pode não ser muito familiar, para mim certamente não era. A marca nasceu em 1947, pelas mãos de um médico que também tem um Doutoramento na área da Química, sendo que é apaixonado pela Cosmetologia. Escreveu um Tratado na área de Cosmetologia em 1975 e publicou muitos estudos na área, dando especial foco às plantas. A sua marca baseia-se muito nas propriedades da fruta – toda a gente sabe que a fruta nos faz bem por dentro, mas pelos vistos também o faz por fora! Hoje em dia a marca pertence ao grupo Nuxe, conhecido por apostar na Natureza.

Docteur Renaud Raspberry Hydrating Mask

Vamos ao que interessa – o produto!  Os produtos virados para a hidratação de todos os tipos de pele da marca em questão são os da linha de framboesa. Esta máscara, além de conter então esta baga, contém extractos de pêra, figo e maracujá (se alguém me pudesse chegar um batido destas frutas todas, agradeceria imenso! É que isto soa mesmo bem e eu sou mesmo gulosa!). Contém ainda oléo de noz de macadâmia e amendoas doces (apesar de não ser, de todo, oleosa) e ácido hialurónico (agente muito hidratante). Imediatamente acima, podem observar o aspecto da máscara – é de um rosa pálido, quase branca, fica incolor se bem espalhada. O que vocês não podem observar – e é pena! – é o cheirinho a gelado de framboesa.

Aplicar é fácil, é como outra máscara qualquer – uma camada espessa, aplicada o mais uniformemente possível e deve aplicar-se com a mão ou um pincel de base velho, se bem que com a mão é melhor porque espalha melhor e ajuda o produto a penetrar melhor. Deixa-se 10 minutos (ou mais, dado que a máscara é hidratante, o limite de tempo não é rígido) e depois retira-se. Para retirar, ou usamos água à temperatura ambiente ou algodões embebidos em tónico facial, de preferência hidratante. Em seguida, aplica-se o creme favorito. Esta máscara pode ser usada como creme de noite, também. Claro que em menor quantidade, mas uma aplicação fininha pode fazer com que acordemos com a pele muito confortável. Já que estamos a falar de períodos do dia, esta máscara pode ser feita de manhã ou à noite, é indiferente e vai da disponibilidade de tempo de cada pessoa.

Não vou dizer que é a melhor máscara que eu já vi na vida, não é o melhor produto do Planeta e arredores, mas, marcando 21,95€, vale o preço. Soa snob, mas sinceramente acho que se há, na área da cosmética, algo me mereça o gasto de dinheiro, é o cuidado com a pele, em especial a manutenção do seu conforto, e na base de maquiagem. Na minha opinião, é um produto que merece consideração de quem procure uma máscara hidratante para pele mista, que possa ser usada como creme de noite em casos extremos e para quem está a travar uma luta contra o temido cieiro. A máscara resulta bem, mas não é milagrosa – se a pele estiver mesmo em apuros, pode bem ser preciso aplicar dois ou três dias seguidos até que possamos considerar a pele em perfeitas condições. Em casos “normais”, numa questão de manutenção da condição da pele, uma aplicação semanal será o suficiente, fazendo com que os 50mL que vêm na embalagem durem ainda algum tempo.

Quero só recordar que não adianta absolutamente nada de nada fazer máscaras atrás de máscaras se não seguirmos com um creme hidratante para manter o resultado. A máscara hidrata, mas se não protegermos a pele de perder a água que acabou de receber, não vamos a lado nenhum. Ah! Em Portugal, a Docteur Renaud é uma marca vendida em exclusivo nas Perfumarias Douglas (que recomendo vivamente pela excelência de serviço e pela óptima formação que dão às lojistas, o que não acontece em certas cadeias de lojas da mesma especialidade).

Maquiagem – Vernizes Layla

12 Jul

Será que se lembram de um artigo que escrevi sobre os Vernizes Mirror Effect da Layla? Pois é! Foi-me dada a oportunidade de experimentar dois vernizes dessa linha e ainda mais dois da mesma marca, mas de outra linha. A curiosidade aperta? Então vejam:

Layla Mirror Effect 05 Purple Diva

Layla Mirror Effect 05 Purple Diva

Este é o Mirror Effect 05 e chama-se Purple Diva – o nome gerou uma pequena troca de ideias entre mim e algumas pessoas, já que a cor me parece mais rosa do que roxa ao vivo! Em foto, é definitivamente roxa. O que importa, porém, é que esta cor é, das duas que experimentei, a que mais me agradou – em tudo! Peço desculpa por as minhas unhas não estarem perfeitas, mas estou em processo de deixar de as roer!

Layla Mirror Effect 04 Titanium sky

Layla Mirror Effect 04 Titanium sky

E este é o Mirror Effect 04 e o seu nome é Titanium Sky- como o próprio nome indica, é um azul céu-prateado; ou então é um prateado-azulado. Aquele objecto branco que estou a segurar é a lima polidora que corresponde a esta linha de vernizes e que deve ser usada na preparação das unhas para os mesmos.

Como eu já tinha referido, estes vernizes não são metalizados, mas sim como que cromados. Por isso, e por causa da sua fórmula, vão evidenciar as imperfeições das unhas. É essa a razão pela qual polir as unhas, fazendo uso de uma lima própria para o efeito. Eu faço o polimento das unhas como parte habitual do cuidado com as unhas, é um hábito que tenho (e do qual posso falar num artigo futuro). Contudo, para quem já não tenha este hábito, sugiro ponderarem se será que vale a pena um passo extra na aplicação do verniz. Claro que se gostarem imenso da cor, tudo vale a pena! O amor não olha a meios e o amor por uma cor de verniz não deixa de ser amor (eu sei que sabem do que eu estou a falar!).

A aplicação é facílima, mas a durabilidade sem o uso de uma top coat não é brilhante. Para ser justa, tenho que dizer que o Purple Diva (o rosa ou roxo, como entenderem) tem uma durabilidade sem top coat muito melhor do que o Titanium Sky. Na minha opinião, a top coat resolve o problema. O cheiro é semelhante ao de outros vernizes e não o acho particularmente forte. Os frascos são resistentes e fecham bem, o que é sempre muito importante.

Layla Ceramic Effect 62

Layla Ceramic Effect 62

Os outros vernizes da Layla que tive a oportunidade de experimentar foram os Ceramic Effect, dos quais gostei imenso. As cores são lindas e multidimensionais. Eu não sou pessoa de verniz azul nas mãos – é mania, é gosto, é (falta de) estilo, é o que for, mas acho que o verniz azul não me favorece por aí além. Contudo, esta cor, a 62, é tão linda que acho que me vou converter. A cor é impossível de capturar em câmara, exactamente por ser multi dimensional. A cor base é um turquesa escuro, carregadinho de micro glitter esmeralda claro. Conforme a luz incide nas unhas, a cor do verniz parece mudar e ficar entre o turquesa claro, o turquesa escuro e o verde lima. Muito bonito, lembra-me do Verão, sereias, pavões e dos Trópicos!

Layla Ceramic Effect 64

Layla Ceramic Effect 64

A outra cor, a 64, essa sim, ganhou a minha atenção instantaneamente. Roxo é uma das minhas cores favoritas e glitter é uma das minhas coisas favoritas. O acabamento deste verniz é exactamente o mesmo, mas, desta feita, o verniz é roxo paixão (aquele roxo forte) e o micro glitter tem algumas partículas rosa choque se bem que a maioria é azul turquesa. É lindo demais para palavras. O acabamento de ambos os vernizes é semi-fosco e não é completamente liso ao toque, mas quase. É exactamente o acabamento da cerâmica a que estamos habituados na maioria dos objectos deste manterial.

Uma das características desta fórmula é a sua espessura. É, realmente uma fórmula cremosa e espessa, mas que se aplica e espalha muito bem e que seca rapidamente. O problema, é que aplicarmos mais de 2 camadas, o verniz já não se aplica tão bem nem seca tão bem. Assim, a aplicação do verniz deve ser feita sem o uso de uma base nem duma top coat. Este verniz dura entre 3 a 4 dias nas minhas unhas, mas isso é dentro da média para mim. Adoro cozinhar, cozinho quase todos os dias e não tenho problemas nenhuns em usar as mãos, por isso é normal que uma manicure não me dure uma semana como dura a muita gente.

Eu sei que a Layla fabrica esta fórmula em vermelho e vermelho escuro, de modo que, a partir deste exacto momento, podem-me considerar à caça de um frasco de cada uma dessas cores – amo, adoro, idolatro, não vivo sem verniz vermelho! Ainda mais numa fórmula da qual gosto.

Em conclusão, gosto muitíssimo mais dos Ceramic Effect do que dos Mirror Effect. Acho que estes últimos requerem cuidados e manutenção a mais, um pouco impraticável para quem tenha uma vida activa. Claro que se gostarem muito das cores e do acabamento, não há porque não fazer o esforço extra para os usar. Estou muito bem impressionada com os vernizes da Layla que experimentei!

%d bloggers like this: