Tag Archives: manter

Cuidar Das Pestanas (Cílios)

7 Nov

Quem não gosta de umas pestanas/cílios lindas e bem cuidadas? Há aquelas pessoas abençoadas que não precisam de fazer nada às suas pestanas para que elas fiquem sempre perfeitas, mas o comum dos mortais deve ter especial atenção a algo que embeleza o nosso olhar sempre.

Pestanas longas e bem cuidadas

Pestanas longas e bem cuidadas

As pestanas existem para proteger os nossos olhos e, sem sombra de dúvida, umas pestanas longas, fortes, bem cuidadas e escuras abrem o olhar e dão-lhe muito mais expressão. Assim, é natural que quando as nossas pestanas já viram dias melhores, tentemos fazer algo. Com a idade é normal que as pestanas fiquem em número mais reduzido e, também, que comecem a perder a cor. Em pessoas de pele e cabelo claro isto acontece mais rápido, bem como em pessoas de origem Asiática. É a progressão normal das coisas mas há certamente alguns cuidados que quem quer cuidar melhor das suas pestanas pode ter.

O mais primordial, o básico dos básicos, é retirar bem a máscara antes de deitar. Um cotonete impregnado de desmaquilhante de olhos ou água micelar retira a máscara de maneira eficaz. Se a máscara for à prova de água, recomendo um desmaquilhante bifásico, daqueles que tem duas cores, mas efectivamente máscara à prova de água é de evitar tanto quanto possível em pestanas que não se encontrem em condições ideais já que é mais agressiva que as outras. Ah, e ao secar os olhos depois de lavar o rosto, nada de esfregar com a toalha! Batidinhas leves são o a solução.

Escusado será dizer que puxar, esfregar e outras agressões também não são boas, de modo que aplicar máscara e retirá-la com movimentos suaves e ter o cuidado de evitar tocar nos olhos durante o dia – acontece imenso mesmo que não tenhamos consciência de que o estamos a fazer. A raiz das pestanas é delicada, por isso, mimá-la é uma boa escolha. Falando em raízes e puxões, quando se fala em recurvadores de pestanas (curvex), apertar com muita força, apertar durante muito tempo, puxar ou, então, usar o recurvador tradicional depois da máscara aplicada está proibidíssimo! Pode até parecer contra-intuitivo, mas nisto os recurvadores a quente são muito mais gentis! Não são quentes de modo a queimar, aliás, até são usados em pestanas de plástico (se fossem quentes, derretiam as mesmas), por isso, sem medos.

Voltando à máscara, esta deve durar 3 a 4 meses, não mais. Se houver uma infecção, conjuntivite, ou outro problema do género, a máscara que se estava a usar deve ir para o lixo (idealmente as sombras também). Só se deve tornar a usar maquiagem de olhos quando tudo voltar ao normal e já tivermos a certeza que a infecção passou há uns bons dias.

Quando se usar pestanas postiças, que são óptimas para um evento especial por exemplo, é de evitar a cola à prova de água. Não que seja prejudicial em si, mas como é mais difícil de retirar, vai ser mais provável danificar as pestanas no processo. Uma cola boa e que não faça alergia deve ser usada e para se retirar, um algodão embebido em água morna ou desmaquilhante deve ser pressionado nas pálpebras por 30 segundos a 1 minuto antes de se deslizar o algodão, levando com ele maquiagem e pestanas postiças.

Há produtos no mercado que prometem condicionar as pestanas, e ter pestanas que não são quebradiças é muito positivo. Isto porque uma pestana tem um ciclo de 3 meses: demora 2 meses a crescer até o seu tamanho máximo, fica um mês quietinha no seu sítio de depois cai para dar lugar a outra – isto em situações normais, claro. Quem tem pestanas quebradiças, além de as limpar, pode optar por este tipo de produtos. Há quem use vaselina mas eu não me sinto lá muito confortável ao aplicar vaselina directamente tão perto dos olhos. Recentemente vi recomendado o Aquaphor da Eucerin para condicionar pestanas e até testei, mas felizmente não sou a pessoa mais indicada para dizer se resulta ou não porque (graças a Deus) nunca tive pestanas quebradiças. É algo a experimentar, caso possam!

Para mais artigos sobre este tema em particular, recomendo:

Maquiagem – Pestanas Recurvadas

Perguntas E Respostas 12: Máscara Engrumada

Maquiagem – 5 Dicas Para Pestanas Mais Destacadas

Anúncios

Cuidados De Pele – Camada Hidrolipídica

5 Nov

Para uma pele estar saudável, bonita e em boas condições, a camada hidrolipídica deve estar bem equilibrada. É a verdade universal da pele, se é que há uma. Mas afinal, o que é essa tal camada?

camada manto filme hidrolipídico

As denominações “camada”, “filme”, “manto” entre outras são muito comuns para designar exactamente a mesma coisa. É uma barreira externa ligeiramente ácida (pH 5.5) que temos e que a nossa pele produz para se proteger a si mesma. A pele protege o nosso interior e como ninguém a protege a ela, ela tem que fabricar o seu próprio “escudo”. Serve para nos proteger dos elementos e, mais, das bactérias más e dos fungos que há à nossa volta e que podem entrar em contacto com a nossa pele no dia-a-dia.

Numa pele saudável, o equilíbrio está presente entre o sebo (gordura/oleosidade) produzido pelas nossas glândulas sebáceas e a água (que vem essencialmente das camadas mais profundas da pele). Numa pele oleosa, há mais óleo; numa pele seca, há falta de óleo; numa pele desidratada há falta de água. É bastante simples na verdade, porém a proporção “correcta”, ideal, de óleo para água muda conforme a zona do corpo e é afectada pelo stress, nutrição, estação do ano, idade, hormonas…

Perturbar este filme pode ser bom ou mau! Se o perturbamos de modo a que deixe de funcionar efectivamente, o resultado é mau. Fazemos isso quando usamos detergentes fortes para limpar a pele retirando óleo em demasia, produtos com pH muito desadequado (particularmente o alcalino, como é, novamente, o caso de produtos de limpeza demasiado fortes), quando deixamos a pele desidratar (por não bebermos água suficiente e/ou não usarmos cremes adequados às nossas necessidades), quando nos expomos a condições ambientais extremas (muito frio, muito calor e sol)…  Quando a camada hidrolipídica é eliminada ou quase, acne, infecções fúngicas, eczema entre outras coisas podem surgir e todas as doenças latentes podem dar sinais de si como por exemplo a psoríase.

Então como podemos perturbar este equilíbrio de maneira boa? Como fazemos para que ele não seja tão delicado e resista bem às agressões do dia-a-dia? Damos-lhe bastante hidratação e usamos produtos adequados às nossas necessidades. Se temos uma pele oleosa e lhe damos óleo, pior fica; se temos uma pele desidratada e lhe damos óleo, nunca chegará o conforto porque não é isso que falta.

É sempre preciso conhecer e atentar no tipo de pele e usar produtos adequados, estarmos bem informados e aconselhados e, acima de tudo, pesquisar, pesquisar e pesquisar. Fazer perguntas, procurar informação e nunca comprar nada de cuidados de pele e de base só porque a emabalagem é lindinha ou porque toda a gente usa e fala bem sem se saber se é ou não próprio para nós.

Cuidados De Pele – Manter O Bronzeado

31 Jul

Sim, porque se estivemos ao sol e ficamos com uma cor que consideramos bonita, queremos que ela dure o mais possível! Vamos ver como fazer?

Lamento informar quem já foi de férias que tem um bronzeado duradouro começa antes mesmo da exposição solar. Antes do primeiro dia de praia, convém depilar e esfoliar. Quase todos os métodos de depilação envolvem alguma esfolição e não queremos esfoliar a pele já morena: é que, se o fizermos, o bronze vai embora! Além disso, queremos esfoliar as partes que não depilamos porque, já tendo a pele esfoliada já não a temos que esfoliar tão cedo e, além disso, a pele esfoliada ganha um bronze mais uniforme – é também por essa razão que é imperioso ter a pele bem hidratada! Alguns dias antes ou, pelo menos, na noite anterior, convém usar uma boa loção corporal. Eu cá gosto das d’ O Boticário ou de usar Steam Cream, mas a preferência é puramente pessoal.

Bronzear gradualmente é a melhor maneira de manter a pele morena. Ou seja, ir bronzeando aos poucos, aumentando o tempo de exposição solar aos poucos cada dia, faz com que a nossa pele retenha mais a cor. A outra coisa essencial é o uso de after sun. Tenho um artigo sobre o tema que podem consultar clicando aqui.

Um truque é ir usando bronzeadores sem sol progressivos. São cremes que vão depositando um bocadinho de cor de cada vez que são usados. Se estão a ganhar cor naturalmente, aplicar este produto em dias alternados, ou um dia sim, dois dias não, basta. Estes produtos tingem levemente a pele e dão uma cor mais natural do que os bronzeadores sem sol tradicionais.

Finalmente, não sou nada dada a conselhos nutricionais aqui no blog, mas a verdade é que uma alimentação rica em vitamina E e em zinco vai, regra geral, dar um melhor aspecto e condição à pele. Alimentos com estas vitaminas são brócolos, alperces, maçãs, melancia e amendoins. Alimentos com beta-caroteno (cenouras, principalmente) e as tão famosas bebidas com este composto vão fazer com que a pele escureça mais depressa, mas a tendência a ganhar um tom um pouco alaranjado aumenta! Assim, a moderação na alimentação é essencial e, sinceramente, as bebidas não me estão a convencer em nada. Claro que beber água suficiente também promove uma pele bonita, mas isso já não influenciará directamente o bronzeado.

 

%d bloggers like this: