Tag Archives: MAC

Maquiagem – Iluminadores Que Gosto

15 Nov

O iluminador foi algo que sempre subestimei um bocadinho, mas recentemente descobri o sei poder. Não só serve para dar um ar luminoso à tez por moda ou porque a pele já viu dias mais saudáveis e pode também chamar a atenção para os nossos melhores pontos, aqueles que preferimos destacar. Hoje ficam os meus três iluminadores favoritos, pese embora o facto de eu evitar listas de favoritos posto estarem sempre a mudar!

Sun Beam da Benefit

Sun Beam da Benefit

Sun Beam da Benefit – Dourado e com brilho metálico, apropriado para todas as pessoas de todos os tons de pele contando que não sejam muito rosados (neste caso escolheria o High Beam da mesma marca.). É um líquido com um aplicador como o de verniz que deve ser aplicado onde se deseja iluminar, geralmente ossos das faces, abaixo da sobrancelha, cana do nariz e/ou arco do lábio superior. Depois, com os dedos, é preciso esbater mais ou menos conforme se queira maior ou menor intensidade mas sempre com o cuidado de esbater as linhas de aplicação para que, por muito concentrado que seja o brilho, não haja uma linha definida de onde se aplicou o iluminador. O brilho deste produto é muito muito pronunciado e um bocadinho dura imenso tempo!

Luster Drops da MAC

Luster Drops da MAC

Luster Drops da MAC – Outro iluminador líquido, parece que há aqui um padrão! Todos os anos, geralmente no Verão, a MAC lança estas gotas com efeito brilhante, que funcionam de modo semelhante ao Sun Beam de que acabo de falar e se aplicam de maneira similar, não tendo apenas o aplicador estilo verniz de unhas. A CK One Color tem um produto igual, igual, apenas numa embalagem diferente e que é permanente, estando disponível todo o ano e a um preço muito semelhante também. Encontram esta marca nos El Corte Inglés.

Sombra Iluminadora

Sombra Iluminadora

Sombra com brilho – esta que mostro acima é a Naked Lunch da MAC mas qualquer sombra que atenda a dois requisitos é apropriada para ser um iluminador: tem que ser mais clara que o tom de pele em 1 a 4 tons (quanto mais clara, mais iluminadora é) e tem que ter reflexão de luz que pode ser dada pelo brilho purpurinado ou metalizado. Todas as marcas têm sombras claras e brilhantes, desde as marcas mais baratas às mais caras, por isso é só procurar bem que se vai encontrar a sombra ideal! O iluminador em pó tem a grande vantagem de poder ser aplicado depois mesmo de aplicar o pó no rosto, ou seja, o brilho não esmorece pela aplicação do pó finalizador. Isto quer também dizer que pode ser usado quando se use base em pó também!

Novidades – Novos Pincéis Masterclass da MAC

6 Nov

A novidade do dia é a confirmação oficial da Naked 3 da Urban Decay, mas façamos de conta que ela não vai existir (está difícil) e foquemo-nos nos pincéis inovadores que nos traz a (quase) sempre adorada MAC.

MAC Masterclass Brush Collection

MAC Masterclass Brush Collection

Pois é, são assim um bocado para o esquisito e está bom de ver que o primeiro comentário do Mundo em geral é que parecem escovas de dentes. Mas não são! São pincéis aparentemente melhor adaptados à auto-maquiagem, ou seja, a cada pessoa a maquiar-se a si mesma. São desenhados para ser ergonómicos, ou seja, fáceis de segurar e de usar de maneira confortável, são de cerdas sintéticas para serem fáceis de cuidar, macios e, sobretudo, poderem ser usados com cremes ou pós. Há três pincéis diferentes, o Linear 1 (fino, para desenhar riscos precisos), Oval 3 e Oval 6 (ambos muito semelhantes, sendo o 6 de maior dimensão) e todos têm também uma cabo com borracha para não escorregarem. Enfim, quem nunca na vida conseguiu perceber como se segura num pincel correctamente, quem se sente 100% inapto a usar pincéis mesmo depois de tentar muito e com muita boa vontade, talvez tenha encontrado a solução para os seus problemas.

MAC Masterclass Brush Collection - Frente

MAC Masterclass Brush Collection – Frente

O Linear 1 tem as cerdas curtas e firmes, precisamente para poder fazer linhas definidas sem borrar. Pode ser usado com líquidos, cremes ou pós, serve para delinear olhos, preencher sobrancelhas (até mesmo “desenhando” os pelinhos e também como pincel de lábios delineando e aplicando batom numa ferramenta só). Na minha opinião de quem ainda não experimentou mas já está a imaginar a utilidade deste pincel, a teoria é que, de todos, é o pincel que terá mais uso. Isto porque seria interessante usar com a técnica “carimbo” usando sombra em vez de outro tipo de eyeliner e já que a mão não fica exactamente em frente ao espelho, vemos melhor o que estamos a fazer. A tal técnica tem um nome bastante descritivo e consiste em pegar no pincel, colocar lá sombra e literalmente transferir a linha pressionando onde desejamos sem arrastar e sem aquele eterno problema de tremer a mão ou fazer o risco mais fino num olho do que no outro. Fica prometido um foto tutorial sobre o assunto, assim que eu arranjar uma vítima, digo, modelo voluntária.

O Oval 3 tem uma forma oval (inesperado, não?) alongada com uma ponta mais definida para dar alguma precisão. Sombras em creme ou pó, corrector em creme ou líquido, iluminador sob qualquer forma entre outros produtos são aplicados e esbatidos logo num passo só. É pequeno o suficiente para aplicar sombras, ou seja, também será possível usar para aqueles recantos mais estreitos da face como em torno das abas do nariz, por exemplo. O Oval 6 é maiorzinho apesar de ter um formato em tudo semelhante à parte de não ter uma ponta mais alongada. É tão maior que serve para aplicar base, pó, blush e contorno, mais uma vez, aplicando e esbatendo logo de uma vez só. Para mim será o que menos utilidade terá com a premissa de que servem para aplicar os produtos sem atrapalhações – atrapalhações essas que serão já de si menor porque o pincel é maior!

A MAC fez esta colecção a apostar no consumidor final, na mulher comum que quer rapidez e facilidade no seu dia-a-dia mas não se pode negar que também quis apelar à estética futurista, na novidade, na surpresa. É esperar para ver! Não vão substituir os pincéis tradicionais, mas serão uma adição válida a qualquer colecção de pincéis. Pincéis angulares já existiam, em especial para eyeliner (tipo assim), mas pronto, haja inovações!!!

Novidades – MAC Rick Baker (colecção Halloween)

2 Out

Sabem que adora o Halloween? Sabem? Sabem? Eu! E a MAC também. E, claro, Rick Baker, o grande Senhor da caracterização em Hollywood (falamos dele aqui) e dos efeitos especiais para o cinema Americano. Já ganhou, inclusive, Óscares (plural) pelo seu trabalho e não é à toa que o apelidam de “legendário”.

MAC e Rick Baker, Colecção de Edição Limitada, Halloween 2013

MAC e Rick Baker, Colecção de Edição Limitada, Halloween 2013

Por causa desta adoração toda, a MAC lança este ano para o Halloween uma colecção desenhada pelo próprio Rick Baker com produtos que visam ajudar a construir os looks de Halloween que ele idealizou – Noiva Assustadora, Dia De Los Muertos e Zombie. Produtos novos, outro nem tão novos, mas todos valem a pena a curiosidade.

MAC e Rick Baker, Colecção de Edição Limitada, Halloween 2013

MAC e Rick Baker, Colecção de Edição Limitada, Halloween 2013

Há nesta colecção um batom (na cor Cyber que já existia e é um roxo frio escuro), duas paletas de seis sombras cada (The Monster’s Bride em tons de terra principalmente e também Spider Queen em tons de roxo, sendo que ambas incluem um sombra verde ácido), uma caneta de eyeliner preto, três lápis de olhos cremosos (preto, branco, azul ciano), dois lápis de lábios (vermelho quente e roxo quase preto), dois paintsticks sendo que um é em preto e outro em branco (é como se fosse uma base muito cremosa em batom, num batom largo e grande, mas com cores diversas), um pó translúcido de fixação, um chromacake em branco (um creme activado com água, a típica “pintura de palhaço” que todos conhecemos mas que necessita de água para se poder trabalhar), quatro “tintas acrílicas” apropriadas para usar na pele (nas cores branco, preto, vermelho e verde), uma base Face And Body (em branco puro – as pessoas de pele muito clara que aproveitem e comprem para poderem misturar a outras bases, até de outras marcas, para as clarear) e, finalmente, algo chamado Monster FX. O Monster FX, na cor Dirt (“terra”) vem a ser um líquido semi transparente castanho que pretende dar o aspecto de pele suja e que seca rapidamente para durar muito tempo.

Porque não conhecer melhor o artista e o seu trabalho no video abaixo?

P.S.- Quero TUDO. O meu orçamento não está a tremer, já está é a ter uma convulsão, de modo que acho que me vou ficar pelo querer.

Maquiagem – MAC Morange E What A Blast (review)

9 Ago

Foi ousado, até eu que adoro batons vibrantes e cores vivas levei um ano para me habituar à ideia de comprar, fará usar, este batom. Mas é um clássico moderno, um dos batons mais famosos da MAC e eu tinha que o ter. O famoso Morange.

Morange da MAC

Morange da MAC

Talvez uma das mais simples descrição de cor no site da MAC, o batom Morange é descrito tão simplesmente como “laranja creme vibrante”. Eu não faria melhor! É um laranja um pouco sob o escuro mas ainda assim cheio de luz. Não há brilhos, apenas uma qualidade reflectiva que sob algumas luzes fica a lembrar o fluorescente e um acabamento subtilmente brilhante. É um cor de laranja verdadeiro, sem tons de rosa ou vermelho como é o caso em quase todos os outros batons laranja que me têm passado pelas mãos. É cremoso e muito opaco, confortável, mas não o acho hidratante – quer dizer, não seca os lábios, mas também não os hidrata particularmente. Fácil de aplicar, mas exige precisão por ser uma cor tão forte. Dura imenso tempo, a cor não desvanece com o tempo ou com o falar.

MAC what a blast prolongwear lip pencil

MAC what a blast prolongwear lip pencil

Como seria de esperar, um batom forte fica bem acompanhado com um lápis de cor semelhante. O escolhido foi o What A Blast, um lápis de longa duração. E por longa duração entenda-se “é um pesadelo desmaquilhar”. Mantém-se bem, como que cola o batom a si, mas, digo, retirar é o inferno! É um cor de laranja forte também, se bem que levemente mais coral. Nada que afecte a cor do batom. Aplica-se bem no sentido em que não é duro e deposita logo muita cor, mas, claro, qualquer erro é extremamente notório e praticamente indisfarçável.

MORANGE MAC swatchesAcima podem ver algumas comparações com outros batons laranja que tenho mas que são mais sob o coral. Como podem ver, e a imagem vale 1000 palavras, o Morange faz com que tudo o resto pareça esvair-se de cor! Recomendo este batom e/ou este lápis a quem tenha um tom de pele mais dourado, independentemente da cor da pele em si. Alguém que esteja cansado do vermelho mas, ao mesmo tempo, não tenha medo de ousar. Preparem-se para fazer o trânsito parar porque nunca na vida vão passar despercebidos ao usar este batom. Para mim e para o meu gosto, é um batom de verão ou de tempo muito cinzento (afina, há-que animar) mas não particularmente frio.

MORANGE MAC

MORANGE MAC

Novidades – MAC Retro Matte

24 Jul

Uma novidade MAC já para Setembro/Outubro que, felizmente, ficará na colecção permanente – ou seja, nada de edições limitadas para apaixonar e ser obrigado a esquecer! E se há alguém que não resiste a um bom batom matte, sou eu!

MAC Retro Matte batom colecção mate

MAC Retro Matte

Acho linda a imagem acima, só com o batom em evidência! Mas não é por isso que aqui estamos, é para falar dos batons em si. Um dos batons mais famosos da marca é um vemelho vivo chamado Ruby Woo – pois este tal de Ruby Woo tem um acabamento muito próprio e até agora único na marca. Um matte que parece quase empoado mas que não exagera os pequenos defeitos e a textura natural dos lábios, sendo sempre cremoso, suave e confortável na aplicação . Pelos vistos, as pessoas pediram mais cores com este acabamento e a MAC ouviu, de modo que trouxe 8 batons e 8 lápis de longa duração que lhes correspondem.

Colecção Retro Matte da MAC - Outono 2013

Colecção Retro Matte da MAC – Outono 2013

Os lápis desta colecção são Pro Longwear, ou seja, duram horas e horas e horas a fio (review em breve) e os batons mate são conhecidos pela duração extrema. Como podem imagina, juntar os dois é a receita certa para uns lábios quase-permanentes – é bom porque há pessoas no mundo (eu!) que têm verdadeiro pavor a retocar maquiagem e porque rentabiliza a compra já que retocando menos o produto dura mais e o dinheiro gasto é melhor empregue. Como vêm, motivos puramente egoístas. Mais, um batom mate, especialmente de cores mais vivas ou mais escuras, só fica bem com uma boca bem contornada – é um acabamento severo, “rígido” de alguma forma, e nada natural. Ao misturarmos uma cor não-natural com um acabamento com a mesma característica, ambos chamando imenso a atenção, só com a perfeição da forma e do delineado é que vamos efectivamente conseguir um visual elegante e harmonioso que não destoe e que não “pese”.

Quanto aos tons desta colecção, há qualquer coisa para qualquer gosto. Desde cores pastel e nudes até vermelhos alaranjados e azulados até cor de vinho, não falta nada. Há aqui três ou quatro cores que acho que virão morar cá em casa em breve…!

Julho – Passatempo Comentário Do Mês

3 Jul

Antes de tudo mais peço desculpa pela demora deste post que devia ter saído dia 1 e devia ter saído de manhã cedinho e não tarde e a más horas! Mas antes tarde que nunca, sim??? Este mês, o comentário do mês ganha um gloss MAC e um miminho H&M! Para saber como participar, basta que vejam aqui.

Batom Viva Glam V da MAC

Batom Viva Glam V da MAC

Este é o lipgloss Viva Glam V, correspondente ao batom que foi o primeiro sorteio daqui do blog!!! É um rosa neutro com perolado colorido, versátil, útil, combina com tudo e com qualquer tom de pele! É a arma secreta para “corrigir” aquele batom que compramos e afinal nem fica assim tão bem: se for demasiado berrante, o gloss Viva Glam V apaga-o; se nos deixar com cor de defunta, o Viva Glam V dá vida; se for simplesmente feio, o Viva Glam V modifica a cor na perfeição! É espesso, dura horas a fio e é muito pigmentado, um dos meus glosses favoritos desde que uma amiga mo ofereceu e olhem que eu tenho assim uma alergia mental a glosses. Além disso, porque pertence à linha Viva Glam, isso quer dizer que todo o dinheiro que a MAC ganha com ele vai directamente para um fundo de luta contra a Sida/Aids – mais alguma informação aqui.

Porta-chaves H&M

Porta-chaves H&M

E porque um gloss só não bastava (e porque eu estava a passear na H&M e esta fofura chamou a minha atenção) resolvi juntar também este porta-chaves que é mais uma gracinha do que propriamente maquiagem. É um mini eyeliner preto, uma mini máscara preta e uma mini sombra champanhe que serve de sombra e de iluminador. Ideal para retoques, mas nada de milagroso – só amoroso, mesmo!

Quanto a resultados de Junho, quem ganhou for a Daniela Ribeiro, já que foi a autora de uma das perguntas da rubrica “Perguntas & Respostas” aqui no blog. Parabéns e muito obrigada pela participação!

Boa sorte para todos!!!

Novidades – MAC Tropical Taboo

26 Jun

A nova colecção da MAC para este Verão tem por base os minerais – um brilho bonito na pele é tudo para esta estação!

MAC Tropical Taboo

MAC Tropical Taboo

A colecção inspirou-se nos ritmos latinos, no calor humano das pessoas dos trópicos , na paixão e sensualidade que nos transmite a ideia de climas mais quentes.  O ritmo, a música e a dança inspiraram as sombras, que sendo cintilantes iluminam e aprofundam o olhar e inspiram também os lábios de cores vibrantes e com um brilho convidativo. A colecção é composta por cinco batons (permanentes), quatro glosses Creamsheen (edições limitadas), quatro lápis de lábios, dois lápis de olhos, três blushes Mineralize (com muito brilho), seis sombras minerais (também elas com brilho), cinco Mineralize SkinFinish (iluminadores/brilho/blush/tudo-em-um) e ainda três pincéis.

MAC Tropical Taboo Verão 2013

Os nomes das cores foram também eles inspirados na sensação “tropicaliente”. Senão, vejam por exemplo a sombra “Bossa Blue”, o blush “Sweet Samba”, o batom “Midnight Mambo”…! Esta colecção estará disponível em lojas e balcões MAC brevemente.

Não posso, enfim, deixar de notar que a modelo que dá a cara à campanha promocional é a brasileira Izabel Goulart! Lindíssima!

Maquiadores Famosos – Gordon Espinet

23 Jun

Nasceu em Trinidad e Tobago, tem 12 irmãos mais velhos e aos 14 anos foi para o Canadá. Hoje é um dos vice-presidente da MAC.

Gordon Espinet

Gordon Espinet

Em criança, gostava de desenhar rostos de mulheres – os olhos, os lábios… tudo! Como é o filho mais novo, tinha irmãs e sobrinhas, bem como a Mãe que maquiava sempre que podia. Apesar de ser costureira e sustentar os filhos com certa dificuldade, a Mãe de Gordon sempre incentivou todos os filhos a seguirem os seus sonhos – por causa das condições de vida que tinham nas Caraíbas, mudaram-se para o Canadá.

Sabendo da sua aptidão para a arte, quando já era adolescente, o grupo de teatro de uns amigos convidou-o para aplicar maquiagem para uma peça que ia decorrer. Como não sabia muito sobre o assunto, foi procurar revistas para tirar alguma inspiração e apercebeu-se que, afinal, se maquiador era uma forma de vida! Viu que afinal criar personagens não era para ele, mas que a maquiagem era. Quando acabou a escola, mudou-se para Toronto, onde havia uma escola de maquiagem onde um dos professores era um maquiador que ele admirava muito. Antes mesmo de ter acabado o curso de maquiagem, um fotógrafo contratou-o para ser maquiador assistente numa sessão e a partir deste novo contacto conheceu ainda mais fotógrafos e modelos.

Foi um dos primeiros maquiadores a criar uma base ideal para a pele negra: Alek Wek, uma modelo famosa originária do Sudão, foi uma das primeiras celebridades a experimentar a base e a ficar bem impressionada porque esta não tornava a sua pele acinzentada como acontecia com outras bases que conhecia.  Hoje em dia, Gordon Espinet também treina novos artistas e supervisiona a maquiagem de alguns dos mais importantes desfiles de moda do Mundo.

Novidades – Chanel, Dior e MAC (x2)

24 Abr

Muitas novidades hoje, vou tentar conter-me. Mais ou menos…

Chanel L’Ete Papillon de Chanel

Chanel L’Ete Papillon de Chanel

Primeiro, temos a colecção de Verão de maquiagem da casa Chanel. A inspiração passou pelas borboletas  – a colecção chama-se Chanel L’Ete Papillon de Chanel, sendo que “papillon” quer dizer borboleta em Francês. A colecção apresenta seis sombras em lápis,  cinco máscaras incluindo cores como amarelo, verde lima, dois tons de azul e preto, um eyeliner líquido de longa duração na cor turquesa, dois batons translúcidos, três glosses e três vernizes.

Chanel L’Ete Papillon de Chanel - produtos

Chanel L’Ete Papillon de Chanel – Produtos

Passamos agora à casa Dior, pela qual, como já devem ter reparado, nutro um carinho especial. Acho que a casa Dior também gosta de mim porque cisma em ir de encontro aos meus gostos! Desta vez é uma colecção intitulada Bird of Paradise, ou seja, “ave do paraíso”.

dior bird of paradise 2013

Dior Bird Of Paradise 2013

A colecção é composta por um BB Cream, três lápis de lábios “gelatinosos” (como se fosse um gloss mas em lápis), dois duos de blush/bronzer, dois batons, um eyeliner líquido à prova de água, dois duos de verniz, e duas paletas de cinco sombras, bem como um pincel de blush. Muito interessante é o facto de imensos nomes de produtos serem referentes ao Brasil; nomes como Samba, Bahia, Copacabana e Carioca fazem parte da lista.

Dior Bird Of Paradise 2013 - duo de vernizes

Dior Bird Of Paradise 2013 – duo de vernizes

A MAC tem duas colecções para este verão, a primeira chama-se Temperature Rising.  Esta é a maiorzinha, constando de quatro batons, quatro glosses, quatro lápis de olhos, duas paletas de quatro sombras, dois blushes, dois bronzers, dois bronzers de duração prolongada, dois vernizes, um iluminador em creme (Strobe), um óleo com pigmentos dourados para embelezar a pele bronzeada, um pincel e um necessaire. As cores andam entre o roxo, dourado, cobre e algum verde. Esta colecção vem em embalagens de edição limitada, lindas, castanho mate (que é a minha cor mate favorita).

MAC Temperature Rising Collection - Verão 2013

MAC Temperature Rising Collection – Verão 2013

Para me encher as medidas mais um bocadinho, a segunda colecção da MAC, Art of the Eye Collection. Inspirada em joias, pedras preciosas e tudo o que é exótico, esta colecção foca-se nos olhos. É composta por duas paletas de quatro sombras, três lápis, um lápis khol, duas máscaras (preta e azul), cinco sombras individuais, dois glitters com soltos, e gel-creme para sobrancelhas. O meu coraçãozinho já está a bater mais depressa!

MAC Art of the Eye Collection for Summer 2013

MAC Art of the Eye Collection for Summer 2013

Novidades – MAC Baking Beauties 2013

27 Mar

E eis se não quando, a MAC resolve fazer uma colecção só p’ra mim. O quê? Não foi para mim? Parece!

MAC colecção Baking Beauties 2013

MAC colecção Baking Beauties 2013

Maquiagem e doces, soa a paraíso. Nesta colecção inspirada em cupcakes, macarons e outras coisas igualmente deliciosas, todos os produtos têm nomes que remetem ao delicioso universo da pastelaria e doçaria. O que me chama mais a atenção de entre todos os produtos escolhidos são os Pearlmatte Face Powder e os Pro Longwear Paint Pots. Os Pearlmatte Face Powder (foto abaixo) são estes pós coloridos com desenhos em relevo, sendo que há uma mistura de acabamento mate com perolado. Servem para dar reflexos luminosos ao rosto ou partes do mesmo. Quanto aos Pro Longwear Paint Pots, é mais uma questão de que o Paint Pots são dos meus produtos favoritos da MAC, vêm aqui com maior durabilidade e cores novas e bonitas e um acabamento com glitter.

MAC Baking Beauties 2013

MAC Baking Beauties 2013

%d bloggers like this: