Tag Archives: cuidados

Novidades – Photoderm AKN Mat SPF 30 / UVA 13 da Bioderma

28 Ago

Hoje venho apresentar um produto, não é tanto uma resenha, mas mais uma apresentação de algo que pode ser extremamente útil para quem tenha a pele com tendência acneica (ou seja, a ter acne). Trata-se de um protector solar/creme de dia bastante específico.

bioderma akn mat mate solar

Proteger a pele do sol é importante em qualquer idade e com qualquer tipo de pele, mas quando se tem acne, é especialmente importante. Geralmente quem tem acne é ainda muito novo e normalmente descuidado com a exposição solar ou, então, acha sinceramente que depois de um pouco de sol a acne melhora (e melhora, por uns dias, para depois voltar bem pior). Além de sabermos o mal que a exposição solar faz, também nos devemos lembrar que quase todos se não mesmo todos os tratamentos para acne sejam locais ou não (comprimidos, por exemplo) aumentam imenso a sensibilidade ao sol – desde a formação de manchas até a uma facilidade muitíssimo elevada de queimar. Estou a falar de cremes para as borbulhas que provocam manchas no local quando há exposição não protegida ao sol até mesmo horas depois da aplicação, estou a falar da pílula anticoncepcional que muitas mulheres tomam para entre outras coisa ajudar a regular a pele e que faz com que a pele queime mais depressa, de certos antibióticos que se usam no tratamento da acne sob indicação médica que dão à pele exposta ao sol um cor amarela/alaranjada muito inestética e, em especial, de medicamentos mesmo específicos para acne que sensibilizam a pele de sobremaneira.

Assim, a necessidade de uma protecção solar todo o ano mas em especial no tempo quente está mais do que justificada. Porém, muitos dos protectores solares comuns são untuosos e nada apropriados para quem tem um problema de pele que pode ser até bastante grave, para não falar do quão desconfortável é um protector solar não adequado numa pele oleosa (regra geral, quem tem acne tem a pele oleosa  – para saber mais sobre acne, já referi esta semana, os artigos Acne Parte I e Acne Parte II bem como 5 Mitos Da Acne são muito modestamente recomendados por mim).

A Bioderma, uma marca que me merece confiança, lança um protector solar específico para pele com tendência a ter acne. Como diminui a produção de oleosidade, previne a formação de tantas borbulhas, tem um espectro de protecção largo (UVA e UVB) e um SPF alto o suficiente. Porque tem ingredientes que são fruto de avanços científicos relativamente recentes, reduz o risco de danificar células com a exposição solar e promove uma pele mais limpa e mais bonita, além de mais saudável. O acabamento deste produto é mate, ou seja, além de não brilhar nem ficar esbranquiçado, vai fazer com que a pele brilhe menos o que é um benefício estético.

O produto tem fragrância, mas é livre de parabenos, não-comedogénico e hipoalergénico. Pode ser aplicado enquanto creme de dia ou só como protector solar quando se prevê exposição ao sol – a quantidade adequada deve ser aplicada de forma apropriada ao rosto, pescoço e, se for o caso, colo (vulgo, parte de cima do peito). Espreitem a página da marca que fala sobre o produto aqui e adquirir o produto numa boa farmácia.

Alguma vez usaram algum produto da Bioderma? Gostaram? 

Não se esqueçam de subscrever ao blog e/ou de dar um like na página do Facebook (aqui).

Anúncios

Cuidados De Pele – Estrias

6 Ago

Era um tema sobre o qual eu não me tinha alargado aqui no site, e já é hora de o fazer. As estrias podem aparecer a qualquer pessoa, mas são mais comuns em mulheres.

Estrias corpo o que são

Estrias

As estrias podem aparecer em muitos lugares do corpo, mas são mais comuns em locais mais sujeitos a mudanças bruscas aquando do crescimento e ganho de peso. Acontecem porque a derme, uma das camadas de pele, não consegue ser suficientemente elástica para acompanhar as mudanças do corpo. Assim, há pequenos rasgões nas fibras da derme e sangramento microscópico, bem como alguma inflamação. É por isso que as estrias recentes são vermelhas ou arroxeadas e com alguma elevação ou relevo.

Quando a derme estica, a epiderme, a camada mais superficial da pele, também estica, mas como é mais elástica, não “rasga”. Porém, fica muito mais fina, sendo esta a razão pela qual podemos efectivamente ver a marca da estria e não só senti-la.  Quando tudo isto começa a sarar, começamos a ter a estria mais esbranquiçada, que é uma cicatriz. Porque a pele foi agredida, a formação de colagénio modifica, o que também acaba por interferir com a produção de melanina que é o que nos dá a cor à pele.

A melhor maneira de lidar com estrias é evitá-las. Quando se faz uma dieta, quando se engravida, quando se sente que se está a ganhar ou a perder peso, é muito importante a hidratação da pele. Os óleos ajudam a uma elasticidade maior, e assim são a melhor escolha, seguidos de cremes untuosos.

Quando já é tarde demais para prevenir, a solução passa por tratamentos mais drásticos como a cirurgia (em casos muito específicos) ou o laser ou, então, por coisas tão simples como a maquiagem e os auto bronzeadores aplicados com precisão para disfarçar a coloração. Recentemente tem estado em estudo o uso de preenchimento e outros tipo de injecção para lidar com as estrias, mas são processos morosos e incrivelmente dispendiosos e desconfortáveis.

Cabelo – Champô Seco

5 Ago

É um produto que já está presente na rotina de muita gente, mas a verdade é que ainda não é conhecido por todos.

cabelo encaracolado volumoso

O champô seco é um pó que absorve oleosidade e disfarça o cabelo sujo, sendo que o seu principal uso é quando não é prático ou aconselhado lavar o cabelo. É uma grande ajuda para quem quer manter a cor do cabelo pintado ou para quem fez uma permanente ou alisamento e não deve lavar o cabelo durante vários dias. E, claro, naqueles dias em que o relógio parece andar mais depressa, um champô seco é uma mais valia para que não sejamos forçados a sair de casa com um aspecto menos agradável.

Lavar o cabelo 2 a 3 vezes por semana seria o ideal para manter o cabelo limpo e ainda assim hidratado e saudável, mas há pessoas e ocasiões que idealmente requereriam um cabelo lavado de fresco com mais frequência. Os ingredientes mais requentes do champô seco são variadas espécies de amidos (arroz, milho) e bicarbonato de sódio (para absorver odores).

Geralmente, o cabelo só precisa de ser “refrescado” nas raízes, e é por isso que o champô seco é tão eficaz. Este produto pode vir sob a forma de  pó solto, semelhante ao talco que conhecemos para os bebés, ou então em spray. Esta última apresentação é na minha opinião a mais prática até a nível de controlo do quanto se usa. O pó solto pode ser aplicado com um pincel largo como os de blush ou então com uma borla de pó e o spray é aplicado directamente a uma distância de cerca de 20 cm das raízes. Em ambos os casos, deve-se deixar o produto actuar uns momentos e depois massajar ou pentear para que não restem resíduos de produto. Alguns champôs secos deixam mais resíduo do que outros, resíduo esse que é sob a forma de um pó ou filme empoado branco nos fios de cabelo.

Um excelente uso alternativo do champô seco é quando se quer um penteado mais elaborado – este tipo de penteado é mais fácil de fazer e segura-se melhor quando o cabelo já foi lavado nos dias anteriores, mas a verdade é que ir a um evento, encontro ou festa com o cabelo “sujo” não é ideal. Usar um pouco de champô seco mesmo no cabelo lavado vai dar textura e espessura ao cabelo para que seja mais fácil de manusear.

Hoje em dia, felizmente, há para todos os gostos e bolsos. Os meus favoritos são os da Klorane (farmácias), Batiste (lojas RR Center) e Syos para cabelo fino (grandes superfícies/hipermercados).

Cuidados De Pele – 3 Smoothies Para A Pele (Receitas)

23 Jul

Não é novidade que uma boa alimentação promove uma pele bonita e até já falámos aqui de algumas vitaminas e nutrientes essenciais para a pele. Hoje, numa de “novidade” decidi juntar a minha paixão pela cozinha com o gosto pelos smoothies com o tempo quente com a vontade de ter uma pele ainda mais bonita. Três receitas para três “batidos” práticos que além de deliciosos e fresquinhos, fazem bem!

cesto cesta frutos fruta

Banana e leite de amêndoa

É um simples milk-shake de banana que leva uma banana e leite de amêndoa q.b. para a consistência desejada – vai tudo ao liquidificador e é só. Eu gosto dos meus smoothies bem líquidos, mas se gostarem mais espesso é só juntar menos leite. O leite de amêndoa pode ser substituído por leite meio-gordo ou leite de soja, mas não o recomendo em termos de ajuda à pele. Sabemos que a banana é óptima para a pele, por ter potássio e cálcio e o leite de amêndoa contém vitamina E, que promove a hidratação da pele e é anti-oxidante, bem como Ómega 3 que ajuda a regular a produção de óleo na pele, e magnésio. Sei que em Portugal não é em qualquer lugar que se encontra este produto, só nas lojas de produtos naturais, mas amêndoas há por toda a parte e apesar de ser um processo que leva o seu tempo, fazer leite de amêndoa é fácil. Fica aqui como.

Manga e cenoura

Uma cenoura descascada, cubos de manga (entre meia a uma manga, dependendo do tamanho) e água. A lista de ingredientes é simples e a quantidade de vitamina C e beta-carotenos é fantástica! Geralmente um smoothie leva derivados de leite e este não leva, mas não deixa de ser bom e benéfico. Basta bater tudo muito bem no liquidificador e temos uma bebida que ajuda a ter um bronzeado bonito além de deixar a pele brilhante, suave e mais lisa. Além disso, a cenoura faz os olhos bonitos!!! É possível colocar na centrífuga, a famosa “máquina de sumos”, mas não estaríamos a aproveitar toda a fibra que também é muito importante.

Abacate e frutos vermelhos

Meio abacate, frutos vermelhos (de preferência frescos, mas congelados são aceitáveis), um iogurte natural ou de côco (com ou sem lactose, como quiserem) e água, tudo no liquidificador. O mel, açucar ou adoçante fica a gosto – eu adoço sempre a não ser que use iogurte já adoçado, mas fica a critério. O abacate tem, além de vitaminas, ácidos gordos importantíssimos para a saúde da pele e os frutos vermelhos como mirtilo, amora ou, os meus favoritos, framboesas, são conhecidos anti-oxidantes.

Com todos estes smoothies, convém consumir logo que possível, já que muitos dos componentes, em particular a vitamina C e o os anti-oxidantes resistem muito mal à luz.

Vamos partilhar receitas? Qual é o vosso smoothie ou batido favorito? Eu gosto do de melancia, mas não tem nenhuma propriedade assim específica para a pele e por isso não o incluí.

Cuidados De Pele – Pêlos Encravados

21 Maio

Não é um tema assim agradável, mas quem nunca sofreu com pêlos encravados que atire a primeira pedra!

pelos encravados tratar previnir

Os pêlos de qualquer parte do corpo podem eventualmente encravar, mas isto é mais comum nas áreas onde o pêlo é mais grosso, nomeadamente barba (nos homens, claro), virilhas e axilas. Geralmente a depilação por cera ou lâmina agrava o problema, o que faz todo o sentido se formos ver porque é que o pêlo encrava!

Este fenómeno acontece quando o pêlo não sai correctamente do seu folículo, não fazendo o caminho correcto de dentro para fora da pele. O pêlo é gerado na raiz e depois vai crescendo pelo folículo, sendo guiado para fora da pele por uma fina camada de células, uma “bainha” ou um “forro”, uma espécie de tubo que o obriga a crescer na direcção correcta e a sair no sítio certo. Só que por vezes as coisas não correm da melhor maneira, e o pêlo não é guiado como devia e acaba por virar ou embarrar nas paredes do folículo, não passando assim para fora e, lá está, ficando encravado no sítio onde está. Depois a situação piora com o inchaço que surge e se já era difícil encontrar uma saída, assim ainda é pior e entra-se num ciclo vicioso.

Muitas vezes quando se usa cera na depilação, esta “bainha” sai com o pêlo, deixando o novo pêlo que vai nascer sem guia porque o pêlo pode renascer mais depressa do que uma nova guia se consegue formar. Assim, ele não sabe muito bem para onde ir e embarra nas paredes. Quando se usa a lâmina, porém, o que acontece é que a superfície do pêlo fica cortada em linha recta, em vez de ser biselada como o pêlo naturalmente é. Imaginem uma agulha e um fio: é mais fácil passar o fio pela agulha se tiver uma ponta mais fininha que entre melhor e que depois vá alargando ou é mais fácil passar o fio logo assim com a largura que ele já tem? É exactamente a mesma coisa aqui, a superfície fica cortada pela lâmina na grossura que o pêlo já possui, não deixando a tal ponta mais fininha – neste caso o pêlo pode ou não continuar a crescer com a orientação que tinha antes, sendo que se muda de direcção, encrava. Mas não, não é só a depilação que causa pêlos encravados – o roçar de roupa apertada ou rígida na pele, o roçar da pele entre si, os poros entupidos que não deixam espaço para o pêlo sair…

Já vimos a causa, a consequência é nossa conhecida, agora é só tentar arranjar a solução! Infelizmente não há milagres e isto só lá vai com paciência. A primeira coisa a fazer depois de identificar a causa do problema é evitar a todo o custo roupa apertada e em especial se for ou tiver grandes quantidades de fibra sintética (polyester, elastano, lycra).

Se o problema é devido à lâmina, não carregar tanto na mesma e cortar o pêlo no sentido do crescimento (e não contra, como é costume fazer) vai proporcionar um corte não tão rente que apesar de não tão bonito (pode deixar “sombra” nas peles mais claras) tem menos tendência a resultar em pêlos encravados. Usar a lâmina com um gel ou creme próprio e logo a seguir a sair do banho ou duche também ajuda. Se o problema se deve à cera, sugiro depilação definitiva (a laser, por exemplo) – se esta não for uma opção viável, então manter o local esfoliado (recomendo esfoliantes do tipo químico, em especial se já houver pêlos encravados no local) e hidratado regularmente (com o que quiserem, desde que vos seja confortável) vai ajudar a previnir futuros pêlos encravados. Convém ter cuidado especial com a esfoliação e o tipo de esfoliação na véspera de usar cera e no próprio dia, sendo que não se deve fazer para não sensibilizar a pele em demasia. Já agora, também não se deve usar hidratante no dia de fazer depilação a cera sob pena desta não conseguir aderir aos pêlos.

Se nada disto resultar se for só aquele aborrecido e solitário pêlo ali no meio, há sempre as compressas mornas que são um algodãozinho embebido em água morna (morna, tépida, quentinha, mas não quente), aplicadas 4 a 5 vezes ao dia por 4 a 5 minutos, seguida de um produto para tratar acne localmente – aquelas canetinhas ou esponjinhas que se usa quando se tem uma borbulha má, como um da Body Shop que já mencionei – estes produtos são anti-inflamatórios e também acabam por limpar a pele com alguma acção esfoliante química. Eu disse que era precisa paciência!!!

(Nem me acredito que acabei de escrever quase 800 palavras sobre um tema tão trivial…!!!)

Corpo – Celulite

23 Abr

Hoje o artigo resolveu dar uma voltinha e foi parar ao blog da Vera, o Avec Veritas. O artigo é sobre algo que afecta 80 a 90% das mulheres: a celulite.

Celulite - o que é, quais são as causas

Como resumo, no artigo podemos ficar a saber que a celulite não tem só a ver com gordura corporal, que se deve a fibras por baixo da pele e que há uma razão perfeitamente lógica para que os homens não sofram, no geral, de celulite.

Aqui fica o link, espero que gostem!!!

Cuidados De Pele – Limpeza Da Pele Seca

19 Nov

Quantas vezes não pensamos que a pele oleosa é aquela que precisa de mais cuidados, que não vive sem atenção e que precisa de produtos específicos para tudo e mais alguma coisa? Porque temos a idea de que a pele mais oleosa está mais “suja” e porque o óleo incomoda e se vê, tendemos a achar que o oposto (ou seja, a pele seca), não precisa de tantos cuidados porque os problemas não são visíveis. Porém, nada poderia estar mais longe da verdade!

A pele seca também requer cuidados e se o excesso de óleo incomoda, a falta dele incomoda também! A limpeza da pele seca é de extrema importância, na verdade acho que um bom regime de limpeza com produtos adequados até se nota mais e mais rapidamente numa pele seca. A primeira coisa a fazer é saber se a pele é mesmo seca ou se está desidratada. Se for mesmo seca, então continuem a ler.

Primeiro, a esfoliação. Pode, sim, esfoliar-se uma pele seca, mas é claro que não se pode usar “qualquer coisa” ou os mesmos produtos que se usa para uma pele mais espessa. A pele seca tende a ser fina e, como tal, os produtos a lhe serem aplicados, devem ser mais gentis. Esfoliantes mecânicos não estão proibidos  mas é melhor serem evitados. Procurem um esfoliante químico, um “peeling” suave (até mesmo em máscara!) a ser usado uma vez por semana.

Depois, o líquido de lavagem e o desmaquilhante. Como desmaquilhante, aconselho a água micelar e também os bálsamos como o Take The Day Off da Clinique, desmaquilhante esse que já vi em acção e do qual posso garantir a eficácia. Quanto a líquidos de lavagem, quanto mais suave, melhor. A ideia é retirar o mínimo de óleo possível e evitar a micro-esfoliação (ou seja, pequenas agressões indesejadas).

O tonificante a usar deve também ele ser nada agressivo. Deve servir para acalmar a pele, apaziguar  Produtos com aloé vera, vitamina E, camomila entre outros são bons. O DermatoClean Clarifying Toner da Eucerin também é uma boa escolha como ponto de partida!

Já sabem que não devem nunca, jamais, em tempo algum usar água demasiado quente, esfregar a pele com a toalha ao secar e que o uso de um hidratante de qualidade é imprescindível! Só assim é possível não irritar a pele e mantê-la confortável e bonita.

Manicure Feita Em Casa

5 Jul

Estou confusa e indecisa. Manicure não me parece um cuidado a ter com a pele, se bem que tratar  da pele das mãos e das cutículas também faça parte de uma manicure. Por outro lado, apesar da manicure poder incluir vernizes, também não é só isso, de modo que também não é só maquiagem.

Esta semana ofereci vernizes aqui no site e tenho a certeza que quem os ganhou vai fazer muitíssimo bom uso deles, mas ainda assim quero partilhar convosco um passo a passo para uma manicure feita em casa, mas que não pareça caseira.

Primeiro, é preciso retirar o verniz velho. Verniz desbotado, descascado ou que já mostre o crescimento da unha é sempre deselegante. Recomendo que usem removedor de verniz sem acetona, já que a acetona tem tendência a secar em demasia as unhas.

Depois, o recomendado é limar as unhas. Limar serve para diminuir o tamanho e dar forma. Não gosto de usar corta unhas porque acho que força a unha, fazendo-as quebrar mais facilmente. Quanto à forma, geralmente opta-se por quadrado ou ovalado – nenhuma forma é melhor ou pior, é uma questão de gosto. A forma mais sobre o quadrado com os cantos arredondados é mais moderna, mas, ao mesmo tempo, não acompanha tanto a mão e pode ter tendência a torna-la visualmente mais larga e curta.

Limas de cristal

Limas de cristal

Em seguida, devemos prestar atenção às cutículas. Para as tornar mais maleáveis para poderem ser empurrada para trás (nunca cortadas!), o ideal é deixar as mãos em água morna por cerca de 5 minutos. Podem colocar um pouquinho de sais de banho ou gel douche se quiserem incorporar um bocadinho de aromaterapia na vossa manicure.

Que sofre de cutículas secas e fica com “espigões” facilmente, deve investir em óleo de cutículas. Eu, pessoalmente, acho que o da Burt’s Bees de Limão (à venda na Sephora) é fantástico, além de que pode também ser usado para cotovelos secos e ásperos. Claro, para quem goste de limão, o aroma é delicioso!

Burt's Bees Lemon Butter Cuticle Creme

Burt’s Bees Lemon Butter Cuticle Creme

Para empurrar as cutículas, um “pau de laranjeira” em madeira ou borracha/silicone são o mais usado, mas hoje em dia há outras opções como os empurradores de cutículas que eu tanto gosto(ver imagem abaixo).

Empurrador De Cutículas em metal

Empurrador De Cutículas em metal

Quem sinta que a pele das suas mãos fica sempre áspera e seca sem motivo aparente, talvez queira esfoliar as mãos. Eu acho que é um passo essencial, mas há muitas pessoas que discordam. Assim, deixo ao vosso critério. Qualquer esfoliante de corpo que gostem pode ser usado para esfoliar as mãos.

Como sabemos, depois de esfoliar, é sempre preciso hidratar! Um creme de mãos que vos agrade, serve. Já aqui falamos do assunto e, como tal, vou remeter-vos para o artigo apropriado.

Agora falta apenas pintar as unhas, para quem queira usar verniz. Haverá um artigo dedicado só ao assunto porque os vernizes são um mundo à parte. Lembrem-se de retirar o creme das unhas com um algodão embebido em água e depois ter o cuidado de as secar antes de pintar- de contrário, o verniz não vai “pegar” nem ficar bonito e homogéneo.

Lembrem-se que as mãos falam e dizem muito sobre uma pessoa. Mesmo que não queiram usar verniz por algum motivo, umas mãos cuidadas dizem que somos pessoas com auto-estima e confiantes.

%d bloggers like this: