Tag Archives: baton

Novidades – Urban Decay Revolution Lipstick

10 Jul

Não há vez nenhuma que eu não fique curiosa quando alguma coisa promete ser revolucionária! Caio na armadilha do marketing, mas a curiosidade só matou o gato! A Urban Decay é uma marca relativamente recente cá em terras lusas mas a Primer Potion é o meu primer de olhos favorito de entre todos os demais! Claro que a paleta Naked também tem um lugar especial no meu coração (e terá review em breve).

Urban Decay - Revolution Lipstick

Urban Decay – Revolution Lipstick

Ao que interessa: a Urban Decay anunciou ontem oficialmente o lançamento do seu mais novo produto, os Revolution Lipstick. A viciada em batons que vos redige todos os dias este blog (ou seja, euzinha!), não se contentou de contente e foi logo coscuvilhar as novidades.

A marca promete um batom cremoso, com um brilho discreto, duradouro, muito hidratante devido a um complexo original da Urban Decay e que cuida dos lábios devido aos óleos e manteigas que possui. Além disso, de entre as 22 cores, há sempre pelo menos uma que agrada – nudes, vermelhos, bordeux e cores mais vibrantes, faz tudo parte da lista.

Urban Decay Revolution Lipstick - alguns tons!

Urban Decay Revolution Lipstick – alguns tons!

Além de tudo isto, a Urban Decay tem também lápis de lábios de duração prolongada (24horas, supostamente) para ir com todos os diferentes cores de batom e também um lápis incolor que é apropriado a qualquer tom de batom desta linha ou de outra e ajuda a fixar a cor e impedir que esta se deposite nos relevos dos lábios ou imediatamente fora dos mesmos.

Ainda não sei sobre datas de lançamento em Portugal. Aqui, podemos encontrar a Urban Decay na Sephora, mas já sabemos que os lançamentos tendem a chegar um pouco tarde cá. Quem sabe antes do Natal? Assim que eu souber alguma coisa, conto na página do Facebook que já está com 1000 likes!!!

Anúncios

Novidades – Bobbi Brown Creamy Matte Lipsticks

10 Out

Não sou propriamente fã do “look”  Bobbi Brown (“menos é mais”? Certo…), não sou propriamente fã do balcão Bobbi Brown mais perto de mim, mas do que eu sou propriamente fã é de batons mate.

Os batons mate são aqueles batons sem brilho, que me lembram sempre a maquiagem vintage. Regra geral, têm uma durabilidade imensa e são extremamente pigmentados, sendo bastante opacos.

O problema deste tipo de acabamento se brilho é que, não raras vezes, é desconfortável por ser seco. Contudo, a Bobbi Brown lança agora uma nova linha de batons mate que promete a mesma quantidade de cor e acabamento mas uma cremosidade que dá um conforto extra.

Claro que me chama a atenção, especialmente porque existem 12 cores distintas, do coral ao vermelho, do fuchsia ao beige. Outra coisa em que reparei é que a imagem promocional não tem nada a ver com o estilo normal da marca. Batom vermelho, pele super iluminada e aquele blush que salta a vista não são, de todo, algo que se espere de Bobbi Brown. Gosto, mas fiquei surpresa.

Agora resta-me tentar ficar muito quietinha em casa e não me aproximar de pontos de venda da marca. Parece-me mais seguro para a minha carteira não chegar nem perto destes batons!

Maquiagem – Os Produtos

9 Mar

Hoje o artigo é uma bocadinho mais extenso, mas senti que era necessário um pequeno glossário de produtos. A maioria é nossa conhecida, mas relembrar é sempre bom. Quero apenas fazer notar que esta lista não é, de modo algum, exaustiva.

Primer– traduzindo literalmente, primer é um primário. É tudo aquilo que colocamos antes da maquiagem com a intenção de que esta dure mais, seja de mais fácil aplicação ou apresente cores mais vibrantes.

Base– a base é, como o próprio nome indica, a fundação para o look. A base é, geralmente, líquida, em creme ou em pó. Porém, encontrar base em stick (imaginem um batom mais largo e maior) e em outras apresentações é cada vez mais comum. A base está sempre a sofrer inovações e a ser melhorada de modo a tornar-se mais e mais realista. A principal função da base é homogeneizar o tom de pele e prepara-la para os restantes produtos. Falaremos em profundidade sobre a base semana que vem.

Corrector– o corrector é muito semelhante à base mas apresenta sempre uma cobertura maior. Porquê? Porque a função dele é exactamente cobrir as imperfeições. Desde olheiras, borbulhas, manchas e descolorações mais severas. É, sem sombra de dúvida, o produto mais poderoso e indispensável de todos.

Iluminador- Em pó ou em creme, este produto faz com que a pele pareça mais luminosa e brilhante, dando um ar mais jovem e saudável à pele. As pessoas com pele oleosa tendem a fugir a sete pés do iluminador porque, por vezes, pode parecer que o brilho do iluminador é oleosidade. Aplicado em pontos estratégicos, pode criar a ilusão duma face mais aberta, de uma estrutura óssea mais proeminente e até de uma expressão mais “acordada”.

Blush e bronzer– as nossas avós chamavam-lhe rouge, as nossas bis-avós chamavam-lhe carmim. O blush tem como função dar cor às faces, fazendo com que o rosto pareça mais iluminado e saudável. As faces rosadas transmitem sempre um ar jovem e alegre. Já o bronzer serve para dar um ar mais bronzeado à pele (do rosto e não só). A cor é geralmente entre o castanho dourado e o alaranjado e deve sempre ser aplicado com a consciencia de que o exagero vai, com certeza absoluta, produzir maus resultados.

Sombra – é um mundo à parte. Não há cor no mundo que já não tenha sido duplicada numa sombra. A sombra tem o poder de criar ilusões de óptica de tal maneira fortes que pode parecer intensificar a cor dos olhos e a profundidade do olhar, bem como modificar a forma dos olhos. O mais comum é a sombra em pó compacto, mas os pós soltos, o creme e outras apresentações são, também, cada vez mais comuns.

Eyeliner – é o delineador de olhos. O lápis e o líquido são os mais usuais, mas o gel tem vindo a ganhar terreno por ser mais fácil de trabalhar. Há eyeliner de todas as cores e com vários acabamentos diferentes. O eyeliner ajuda a definir a forma dos olhos e dar-lhes intensidade.

Máscara de pestanas (ou cílios) – até há bem pouco tempo, só era conhecido como rimmel. Só quando as marcas profissionais começaram a vender ao público em geral é que o termo técnico, máscara de pestanas, se começou a popularizar. Isto porque “Rimmel” é o nome de uma marca que nos habituamos a relacionar com o produto – é como chamarmos “post-it” a todos os papelinhos que têm autocolante na parte de cima independentemente de serem ou não fabricados pela marca Post-It ou chamarmos tupperware a todos os recipientes com tampa de plástico, sejam ou não fabricados pela Tupperware. Ainda ouço muita confusão quanto à terminologia, mas não entendo porquê. A máscara de pestanas serve para dar cor e volume às pestanas. A formulação e a varinha (ou aplicador, ou escova, como queiram) é o que vai ditar se determinada máscara é mais indicada para alongar ou para dar volume às pestanas.

Delineador de lábios – o famoso lápis de lábios, que serve para evitar que o batom saia do contorno dos lábios. É em tudo semelhante ao lápis de olhos. Apenas difere na cor já que, na maioria das vezes, deve ser o mais semelhante possível à cor do batom.

Batom – Batôn, baton, batom… há várias maneiras de escrever, mas é um produto que dispensa apresentações. Estava a começar a perder terreno em relação ao gloss por causa dos mitos de que é mais difícil de aplicar e de que seca os lábios, mas campanhas recentes de várias marcas famosas trouxeram de volta este produto que é a marca da feminilidade por excelência.

Gloss – popular especialmente junto da mulheres mais jovens pela facilidade de aplicação. Há várias texturas e acabamentos sendo que podem dar mais ou menos cor, mais ou menos brilho e conter mais ou menos glitter. Geralmente, é amado ou odiado – o facto é que embora seja de fácil aplicação e consiga dar um bonito efeito molhado aos lábios, também tem tendência a parecer gorduroso se mal aplicado e a colar-se ao cabelo. Apesar de, pela textura, relacionarmos o gloss com uma melhor hidratação e até uma maior protecção dos lábios, isto nem sempre é verdadeiro já que o gloss também pode secar a pele tão delicada dos lábios.

Confessem: qual é o tipo de produto do qual têm mais variedade? Estou curiosa!

%d bloggers like this: