Cabelo – Permanentes De Cabelo

3 Nov

Amadas e odiadas, foram moda, foram fora de moda, foram o sonho de quem viveu nos anos 80, o pesadelo de quem viveu nos anos 90 e a má permanente foi sempre muito temida. Apesar da má reputação, estão muito diferentes do que eram antigamente e, se bem feitas, já não “fritam” o cabelo nem ficam com aspecto de pêlo Caniche/Poodle.

permanente cabelo larga

O propósito de fazer uma permanente é cachear os cabelos, seja em cachos definidos, apenas em ondas ou apenas na raiz para dar volume (o conhecido levantamento de raiz em que se coloca o “caracol” somente na raiz ou, então, de modo a dar apenas ondas muito leves).

Antes de fazer uma permanente é necessário saber se o cabelo está saudável e hidrata-lo bem, Convém não fazer uma hidratação profunda na lavagem anterior ao dia de fazer a permanente porque se o cabelo tiver resíduos do condicionador, os resultados serão afectados, ou seja, deve-se fazer uma hidratação profunda num dia, lavar o cabelo daí a dois dias sem grandes condicionadores e só depois ir ao cabeleireiro. Uma permanente demora cerca de 1 a 2 horas a fazer, não só pelo tempo de pose que o químico que “quebra” a estrutura do cabelo e o molda ao rolo, mas também toda a preparação que envolve. O cabelo é enrolado sendo as pontas protegidas, a solução (tioglicolato de amónia para quem for mais quimicamente curioso) é aplicada e depois é aplicada outra, o neutralizador, para fazer com que esta solução pare de funcionar. O quão “apertado” vai ser o cacheado depende do tamanho do rolo e, também, de quanto tempo a solução de permanente fica em contacto com o cabelo. O cabelo demora depois 28 horas a adquirir a estrutura que terá durante os próximos 2 a 6 meses se tudo correr bem. Não se deve levar o cabelo, idealmente, nos 3 dias seguintes e, se possível de todo, não o usar preso.

Há cabelos que não aceitam o processo, pura e simplesmente a permanente não “pega”. Cabelo muito liso (estilo asiático) ou muito hirto é mais difícil de encaracolar permanentemente, um cabelo grosso porém maleável aceitará melhor uma permanente e terá melhores resultados. E, há cabelos, que não se entende porquê, não querem a permanente, não a aceitam – vai da própria química da pessoa em causa, do estado do cabelo e, não posso negar, do profissional que está a fazer a permanente. Hoje em dia já não é uma prática comum, se quando eu era criança o cheiro a líquido de permanente era uma constante no cabeleireiro e as cabeleireiras faziam dezenas de permanentes por semana, hoje é raríssimo e quer se queira, quer não, um profissional com mais prática terá melhores resultados.

A permanente de hoje em dia é muito menos agressiva que aquela que as nossas mães e avós faziam, porém, continuam a ser bastante más para o cabelo causando bastante dano. O cabelo deve ser tratado com produtos próprios para cabelo com permanente e/ou encaracolado, a escovagem do cabelo seco está proibidíssima! Esticar, fazer chapinha e secar com secador dando uma textura mais lisa ao cabelo vai também relaxar o mesmo e, ao fim de algumas vezes, o encaracolado conseguido com a permanente estará distorcido. Espuma de volume aplicada nas raízes vai ser a melhor amiga quando o cabelo começar a crescer e a ficar liso na raiz e com movimento nas pontas, falo por experiência própria! Um bom condicionador para recuperar o cabelo da permanente e um leave-in específico para ajudar a formar os caracóis (gosto do da Fructis) serão os outros aliados de todos os dias – achar que fazer a permanente significa que se pode simplesmente “lavar e andar” pode não ser verdade, especialmente em cabelos que não são o ideal para a permanente como já discutimos.

A pergunta que toda a gente faz é como evitar o frizz. Evita-se o frizado indo a uma boa profissional e, acima de tudo, tendo o cabelo no melhor estado possível. O cabelo deve estar saudável, hidratado e não deve ser muito fino. O cabelo muito frágil ou que já está processado quimicamente (coloração, madeixas, “luzes”) está mais propenso a ficar com demasiados danos neste processo. O mesmo acontece quando o cabelo é muito seco ou, então, é muito escalado em camadas curtas!

Um dos benefícios da permanente é dar volume e deixar o cabelo menos oleoso, pelo menos temporariamente. Isto é especialmente válido nos levantamentos de raiz sobre os quais me perguntaram via comentário aqui no site.

Ah, e um último conselho, aliás válido em todas as idas ao cabeleireiro – levem fotos do que querem! O que para mim é uma permanente muito apertadinha pode ser o normalíssimo do dia-a-dia da cabeleireira! Assim, como imagem, não há espaço para (más) interpretações de ideias.

Espero que se sintam agora mais informados sobre este procedimento!

Anúncios

7 Respostas to “Cabelo – Permanentes De Cabelo”

  1. Cris Novembro 4, 2013 às 12:00 pm #

    Ir ao cabeleireiro é sempre aterrador, nunca se sabe bem como vai correr…

    • mickysantos Novembro 4, 2013 às 3:02 pm #

      Partilho da mesma opinião! Mas levando foto, é mais fácil. Eu encontrei a cabeleireira ideal para mim recentemente, eu acho que vai mesmo de encontrarmos que nos entenda.

      • Cris Novembro 4, 2013 às 8:59 pm #

        Ó Micky… Não resisto a partilhar isto. Também pensava que tinha encontrado a cabeleireira ideal para mim. Acertou com as esquisitices do meu cabelo, não cortava mais do que era pedido, era tudo um sonho. Até que FUGIU! Sim, isso mesmo. Da noite pró dia (literalmente) o salão foi desmontado. Era de rir se não fosse trágico XD

      • mickysantos Novembro 4, 2013 às 9:08 pm #

        Oh, a sério?! Sabes, tenho visto isso muito mas nunca em cabeleireiros. É mais outro tipo de lojas. Depois venho a saber que devem dinheiro a fornecedores, não pagam renda, não nada… Não estou a dizer que foi o caso, não sei, mas é o que tenho visto. Aqui perto de onde moro há uma senhora de uma loja que deve a Deus e ao Mundo e de vez em quando, desaparece magicamente.

  2. P Janeiro 9, 2014 às 12:15 pm #

    ola!gostaria de saber como reverter o processo de permante no cabelo.
    fiz o meu a uns 3 dias e meu cabelo parece uma vassoura,nao ficou com cachinhos.
    ele era naturalmente liso e saudavel.
    quanto tempo preciso esperar para fazer uma escova progressiva ou um relaxamento.
    por favor me responda o mais rapido posssivel.

    • mickysantos Janeiro 9, 2014 às 9:27 pm #

      Olá! Reverter é impossível, pode realmente fazer um relaxamento mas só daqui a 3 a 4 meses SE um bom cabeleireiro achar que o cabelo aguenta. Procure um profissional de qualidade e entretanto faça muita muita muita hidratação. Mas muita mesmo.

      O facto do cabelo não ter ficado com cachinhos pode ser porque a permanente não foi bem feita, porque o cabelo não estava completamente saudável, porque não foi bem mantida (se lavou cedo demais, se escovou, se usou um chapéu cedo demais, por exemplo) ou pode estar a acontecer porque o cabelo não está hidratado o suficiente agora depois da permanente ou porque não está a usar os produtos de styling (mousse/espuma ou creme de pentear) adequados. Consulte o seu cabeleireiro e procure uma opinião porque é muito difícil ter certeza sem ver o cabelo exactamente.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cabelo – Pontas Espigadas | Invicta Maquiagem - Novembro 17, 2013

    […] e em más condições. Todo o tipo de tratamentos químicos (coloração, descoloração, permanente, alisamento, etc. etc.), todo o calor em excesso (usar protector térmico é de suma importância) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: