Cabelo – Esfoliação Do Couro Cabeludo

27 Out

Esfoliamos os pés para os deixar suaves, esfoliamos os lábios para os deixar mais bonitos, esfoliamos o rosto para e pele ficar em melhores condições. E o couro cabeludo? Fica esquecido quase sempre. Vamos ver porque se deve fazer esfoliação, quem deve fazê-lo, quando e como.

esfoliação, exfoliação, cabelo

Esfoliar o couro cabeludo promove uma pele mais saudável e, consequentemente um cabelo mais saudável. O propósito de esfoliar é sempre o mesmo: retirar as impurezas e as células mortas permitindo que uma pele mais saudável e essencialmente limpa se revele. Se a beleza da pele da cabeça não é muito importante porque (em condições ideais) não se vê ou se vê muito pouco, a sua saúde é importantíssima porque a falta dela traduz-se em caspa, cabelo mais fino, frágil, com textura desagradável e em muitos daqueles dias-não em que o cabelo faz o que quer e ninguém manda nele.

Mas será que a esfoliação do couro cabeludo é para toda a gente? Não, não é. É para quem não lave o cabelo pelo menos 3 vezes por semana em média, para quem use muitos produtos e para quem tenha o couro cabeludo muito oleoso ou muito seco. É desaconselhado para quem tenha o couro cabeludo sensível, independentemente do motivo dessa sensibilidade.

A esfoliação dá uma sensação de limpeza profunda sem retirar a hidratação do cabelo e sem deixá-lo em mau estado, sendo que também promove a circulação sanguínea, o que leva a um cabelo mais brilhante e saudável a médio/longo prazo. Pode fazer-se em cabelo quimicamente tratado (cor, permanente, alisamento, etc.), mas nunca 2 semanas antes do tratamento nem 2 semanas depois do mesmo. Se não se lava o cabelo com muita frequência (3 vezes por semana ou mais constitui frequência neste caso) ou se se tem o couro cabeludo muito oleoso, a esfoliação pode ser feita semana sim, semana não. De contrário, apenas uma vez por mês.

Este tratamento pode ser feito no salão, é ideal para quem se quer sentir mimada, luxuosa e glamourosa. Ter um bom profissional a tratar de nós é sempre bom. Porém, se o fim do mês ainda está bem longe, a solução caseira é um champô removedor de resíduos (à venda em lojas de produtos para cabeleireiros) misturado com um esfoliante natural como sêmola de milho e, se se desejar, duas ou três gotas de um óleo essencial de preferência (rosmaninho, hortelã, canela ou lavanda são consideradas boas escolhas por quem entende do assunto). A mistura deve ser massajada com as pontas dos dedos no couro cabeludo, sem exercer pressão em demasia; não se deve exercer mais pressão do que se exerceria se se tratasse de uma esfoliação ao rosto. Depois, deve enxaguar-se muitíssimo bem não só por causa do champô como das partículas que se lhe adicionou. De seguida, é importante condicionar ou usar uma máscara de cabelo sem chegar às raízes, enxaguando novamente. É realmente necessária atenção e cuidado para que não se deixe a máscara chegar à raíz do cabelo, dado que acabamos de lhe tirar o excesso de produto e não queremos logo estar a colocar o produto que retiramos propositadamente! Depois da esfoliação também aconselho evitar o uso de secador, dado que o calor vai fazer com que o sangue ainda vá mais para o couro cabeludo e pode causar irritação. E, claro, nada de esfregar com a toalha, também.

Eu, pessoalmente, odeio esfoliações do couro cabeludo. Eu não gosto que me mexam no cabelo nem na cabeça, fico incrivelmente nervosa. Quando vou ao cabeleireiro até lavo o cabelo em casa e não é por forretice! É mesmo porque odeio profundamente que me mexam no cabelo e cabeça e fico intratável. Estou com sorte, tenho o couro cabeludo sensível e lavo com frequência, de modo que nem sequer é recomendado para mim.

Anúncios

8 Respostas to “Cabelo – Esfoliação Do Couro Cabeludo”

  1. Cris Outubro 28, 2013 às 11:23 am #

    Pois, também não é para mim que lavo o cabelo com bastante frequência… Já agora, deixo uma sugestão/pedido: o que nos podes dizer sobre levantamento de raiz ou a melhor forma de obter um ondulado natural no cabelo? Beijinhos!

    • mickysantos Outubro 28, 2013 às 11:25 am #

      Posso dizer muitas coisas sobre permanentes de diferentes tipos 😛 Fica prometido para a semana!

  2. Susana Almeida Outubro 29, 2013 às 9:47 pm #

    Sinceramente nunca fiz esfoliaçao no couro cabeludo, além e sensivel, lavo com bastante frequencia =) Beijinho*

    • mickysantos Outubro 29, 2013 às 10:11 pm #

      Sim, muita gente nunca fez, é uma nova “beauty trend” ainda 🙂

  3. Ana Cristina Outubro 30, 2013 às 3:53 pm #

    Sei que a maioria das mulheres (e homens) nunca ouviu falar de tal coisa mas devido aos meus problemas de oleosidade posso dizer que já experimentei muita coisa e a esfoliação do couro cabeludo também…
    Fiz algumas vezes esfoliação no cabeleireiro com um shampo da kerastase mas não notei grandes diferenças, já o meu pai adora!
    Ele tem caspa e oleosidade e quando utiliza o esfoliante fica com um couro cabeludo maravilhoso e cabelo suave!
    Ultimamente decidiu experimentar um esfoliante suave de rosto que eu tinha encostado e diz que ainda gosta mais… LOL
    Adorei o Post!

    • mickysantos Outubro 30, 2013 às 6:08 pm #

      hahahaha lá está, nem tudo é para toda a gente e às vezes há descobertas inesperadas por aí! 😀

  4. Maria Joao Borges Outubro 30, 2013 às 10:07 pm #

    eu não lavo o cabelo com muita frequência, mas também nunca vi caspa. talvez experimente este tratamento. gostava de ver um post sobre tratamentos com keratina.

    • mickysantos Outubro 31, 2013 às 6:52 pm #

      Fica prometido! Já fiz e adorei, um dia pretendo repetir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: