Cuidados De Pele – Milia

24 Set

É um problema de pele que nem chega bem a ser um problema e, perdoem-me o linguajar, mas é chato! É inestético e mais comum do que se possa imaginar, em especial para crianças de colo e, pasme-se, quem usa maquiagem. Hoje vamos falar de milia, uns pontinhos brancos ou cor de pérola que geralmente aparece na zona abaixo dos olhos.

Milia

Milia

Como já vimos, milia são estas “cabeças de alfinete” de cor clara que aparecer geralmente na zona das olheiras até às têmporas, mas que pode aparecer em outras partes do rosto e até nas mãos e pés, embora raro. Muito apesar de normalmente se relacionar este problema com a má limpeza da pele, a verdadeira causa está na falta de capacidade que a pele tem ou está a ter de se ver livre das células que já não precisa (esfoliação natural). As células ficam como que presas em vez de cair, que seria o natural, normal e desejável. Podem desaparecer só por si e surgir só de vez em quando ainda que não se faça nada de diferente, mas geralmente quem sabe que já é propenso deve evitar e quem tem deve procurar tratar.

Para algumas pessoas, é algo que surge naturalmente – são de si mais sensíveis a esta questão ou é genético. Neste caso é algo que têm desde pequenos ou tiveram já com frequência durante o crescimento ou, então, que surgiu depois de um episódio de problemas de pele como queimaduras, acne ou alergias e acabou por “ir ficando”. Contudo, e é o mais comum, pode dever-se ao uso de cremes de olhos demasiado espessos, maquiagem de má qualidade ou mal adaptada à pessoa e (ainda mais comum) desmaquilhantes não apropriados.

Muitos produtos que usamos em torno dos olhos (nomeadamente cremes de olhos e desmaquilhantes ) não são não-comedogénicos o que faz com que estes pequeníssimos quistos nunca parem de aparecer. O hábito de usar o creme de rosto na área dos olhos também é um grande culpado da situação dado que a zona dos olhos tem a pele mais fina de todo o corpo e os cremes de rosto não foram feitos para uma pele tão fininha.

Coisas que estão proibidas para quem tem milia e se quer ver livre dela, são maquiagem à prova de água (porque só é retirada com o tipo de desmaquilhante que está também proibido), cremes, correctores e bases não oil-free e, finalmente, desmaquilhantes bifásicos (aqueles que têm duas cores) ou com muito óleo. Uma boa sugestão é o uso de maquiagem mineral em pó! Uma esfoliação diária gentil pode ajudar a resolver o problema, a minha maneira favorita de fazer isso na zona dos olhos é optar por lavar o rosto com a ajuda de um paninho de algodão suave. Não se deve esfregar com força já que se pode piorar a situação para não falar de causar envelhecimento precoce e inflamação.

Há tratamentos que um bom dermatologista pode realizar, nomeadamente peelings fracos com ácido e uma microdermabrasão leve mas deve mesmo ser feita com um dermatologista ou profissional qualificado por causa da proximidade ao olhos. Se ainda assim não resultar, há processos de extracção com uma micro agulha que têm absolutamente que ser feitos por profissionais, não só porque não é confortável fazer a nós mesmos mas também porque envolve agulhas e risco de nos magoarmos seriamente e também de deixar uma cicatriz bem pior do que o primeiro problema!

Conclusão: não mata, mas mói! É aborrecido e inestético, mas não causa nenhum problema grave de modo que cada pessoa pode escolher se quer ou não tratamento. Acaba por ser fácil de tratar com uma visita ao dermatologista, o uso de produtos adequados e evitando produtos que podem piorar a situação.

Anúncios

4 Respostas to “Cuidados De Pele – Milia”

  1. Cris Setembro 25, 2013 às 11:23 am #

    Que Jackpot! Tenho exatamente esse problema… Mas mais nas bochechas e parte lateral do rosto. Um dermatologista recomendu-me Ketrel, mas era muito agressivo. Agora estou a usar Effaclar K (um esfoliante quimico??). Ainda não consegui arranjar um produto que me satisfaça, mesmo a nível de hidratação, nem alguém que tenha sentido dar boas recomendações (ai os farmacuticos! 😛 ). A minha pela é um vê-se-te-avias… Seca, oleosa, irritada, com rosácea e mais a mília, pois claro… Se conheceres um milagrezito avisa! Beijinhos, muuuuito obrigada pelo teu trabalho e continua assim!

    • mickysantos Setembro 25, 2013 às 6:49 pm #

      Este tema surgiu porque uma leitora me mandou um email a descrever o problema e a perguntar se eu saberia do que se trata.

      Sim, o Effalcar é um esfoliante químico. Continua a aplicar, é preciso um pouco de paciência mas isso vai lá. Infelizmente nem todos os farmacêuticos se interessam muito por dermocosmética. É um bocadinho como os médicos, cada um tem a sua especialização (embora haja clínicos gerais) e com os farmacêuticos passa-se algo semelhante. Quando eu comecei o meu curso, interessava-me mais por neurociência, mas hoje é mais pela dermatologia porque acabei por ver que uma maquiagem (a minha paixão) bonita sem uma pele saudável e bem cuidada também não vai longe.

      Sempre que alguém me diz que tem a pele “maluca”, “com vida própria”, “faz o que lhe apetece” ou que é seca e oleosa ao mesmo tempo, surge uma luz como a dos desenhos animados dentro de mim. O que a tua pele tem é uma desidratação bastante severa, e é por isso que é assim temperamental. (mais informação aqui http://invictamaquiagem.com/2012/03/06/cuidados-de-pele-pele-seca-ou-desidratada/) Pode ser que tenha problemas associados, claro, mas todos eles serão menos graves se conseguires controlar esse problema da desidratação. Não sei o que usas, mas vou-te aconselhar um agente de limpeza suave (cetaphil à venda em farmácias seria a minha primeira escolha mas há mais) e também um bom hidratante ligeiro (não sei se já usaste o Aquaporin light da Eucerin http://invictamaquiagem.com/2012/06/04/cuidados-de-pele-aquaporin-active-light-da-eucerin/. Se não usaste, então experimenta. Segundo os estudos que sofreu, ajuda a pele a criar capacidade de reter mais água por si mesma, ou seja, ao longo do tempo ela consegue controlar-se. Se já usaste e não gostaste, que tal o Hydraquench gel creme da Clarins? http://invictamaquiagem.com/2013/02/04/cuidados-de-pele-hydraquench-gel-creme-clarins-review/). Estou a recomendar um creme ligeiro/light porque mencionas a rosácea e a millia, o que me levam a pensar que a tua pele não precisará de um creme mais espesso, mas isso só vamos saber quando a pele estiver no seu estado normal e a reagir como lhe compete.

      Espero ter ajudado e desculpa a resposta quase do tamanho de um post!

      • Cris Setembro 25, 2013 às 10:33 pm #

        Ai, muito obrigada! Já usei o da Aquaporin e lembro-me de ter gostado (apesar de não ter sido “o tal”). No entanto, era o que estava a pensar comprar, agora que o meu está quase a acabar (hydreane legere – la roche posay). Com o da Clarins fico de pé atrás, só por causa do preço… Mas quem sabe, para grandes males… Beijinho *

      • mickysantos Setembro 25, 2013 às 11:01 pm #

        Pergunta se não têm nenhuma amostra na tua perfumaria habitual. Penso que não fazem, mas posso estar enganada 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: