Perguntas E Respostas 27: Usar Muita Maquiagem

23 Ago

A Cris perguntou aqui no site:

Olá! Para começar o meu primeiro comentário (!) digo-te que descobri o blog mais-ou-menos por acaso, mas gosto muito! Adoro que tenha post diários… sei que posso sempre contar com uma novidade.  Mas bem, esta questão da muita-maquilhagem-que-parece-pouca tem mesmo a ver com um “problema” com que me deparo. No dia-a-dia uso base, corretor, pó e bronzer, e tudo corre mais ou menos bem. Mas se quero uma melhor cobertura, se ponho blush e iluminador já acho que fica tudo com um aspeto empastado (e não me parece que o problema seja excesso de produto)… Mas base mais corretor, mais pó mais iluminador em cima… parece-me logo muito artificial, (o que já sei que não queremos ) em vez de ficar com aquele aspecto lindo que vemos nos tutoriais… Se faço todos os passinhos da “pele perfeita” acabo é com camadas de produtos que não ficam nada naturais. Tens alguma sugestão? Ou a pergunta é muito confusa?  De qualquer modo, obrigada pelo teu trabalho!

Perguntas e Respostas

Olá Cris! Não, a pergunta não é confusa. A resposta é que o pode ser, há imensas causas para o que descreves. Antes do mais quero só salientar que a “pele perfeita” não é natural, ninguém a tem, absolutamente ninguém e uma coisa que não existe nunca passará por natural ainda que seja preciso um olho muito treinado para ver as coisas como elas são. Quanto às razões para o que mencionas, as mais óbvias são a tua percepção (se não estás habituada a ver-te com tanta maquilhagem vais achar que efectivamente estás demasiado maquilhada) e o facto de que foto e video distorcem a intensidade da maquiagem e o que vemos nos tutoriais maior parte das vezes é algo que nunca veríamos na rua – uma câmara desbota imensamente a maquiagem, por isso está lá sempre mais do que aquilo que parece. Ao aplicarmos maquiagem como nos é indicado e como vemos em pessoas que não estão ao vivo ao nosso lado, tudo fica diferente.

Outra causa para o que dizes pode ter a ver com o tipo de pele. Uma pele marcada (uma pele jovem com cicatrizes de acne ou uma pele madura com algumas rugas, por exemplo) ou uma pele mais grossa (a pele de um homem, a pele de uma pessoa que não esfolia convenientemente) aceitam muito pior a maior quantidade de maquiagem. O mesmo vale para uma pele seca que requer um método de aplicação específico para que o(s) produto(s) assente(m) bem (tudo à base de “batidinhas”) e também para uma pele oleosa que também requer outro tipo de cuidados (o primer é imprescindível para que a oleosidade da pele não afecte o produto e o faça “escorrer”).

Algo de que poucas vezes se fala é a incompatibilidade dos produtos, seja ela da formulação (produtos com bastante óleo não se misturam bem com produtos à base de água, por exemplo) ou da ordem de aplicação (todos os cremes primeiro, seguidos do pó de rosto e só depois os restantes pós).

Partindo do principio que a tua pele está bem cuidada e  não tem problemas de maior e que os produtos são compatíveis e estão bem aplicados, ficam algumas dicas extra:

  • Deixar os produtos assentar antes de aplicar outro por cima é muito importante – está e a causa mais comum da maquiagem empapada;
  • Várias camadas finas são melhores do que uma só mais espessa – particularmente importante no caso da base, além do quê também ajuda na durabilidade. É importante deixar secar/assentar bem as camadas;
  • Trabalhar bem o produto – também tem a ver com base, corrector e pó, um produto que seja mais trabalhado na pele, quase como que massajado terá um acabamento mais natural;
  • Usar produtos multi-usos – se se pode usar um blush iluminador para o efeito que se quer conseguir, porquê usar blush + iluminador? Uma base com acabamento em pó também é uma mais valia se o tipo de pele assim o pedir porque evita a camada de pó;
  • Uma base ligeira (cobertura leve) e corrector onde é necessário é mais natural do que usar uma base de cobertura total. Raras são as pessoas que necessitam de uma base cobertura total por todo o rosto, maior parte das pessoas tem apenas áreas problemáticas que podem e devem ser corrigidas especificamente;
  • Cores adequadas são um must. Muitas vezes vemos pessoas “muito maquiadas” que a verdade têm pouca maquiagem, mas está é mal escolhida. Quem nunca viu o caso clássico da sombra azul com batom vermelho? Uma sombra e um batom não é assim tanta maquiagem, mas quando as cores chocam entre si ou, especialmente, quando não são adequadas ao tom de pele daquela pessoa, a pessoa em causa passa por muito maquiada quando apenas está mal maquiada no sentido em que a escolha dos produtos foi paupérrima;
  • Cuidado com o iluminador – falo aqui por experiência mais do que por qualquer técnica de maquiagem. É o único produto que tem o poder de me fazer sentir demasiado maquiada e olha que uso maquiagem no dia-a-dia e a minha cara aguenta imensa maquiagem pelo tom de pele, tipo de pele e estrutura óssea. Maior parte dos iluminadores é de si muito pouco natural – ou dá um brilho plástico (nada natural), um brilho húmido (estilo a aparência daquela senhora de idade que te dá um beijinho na cara e ficas com a face molhada de tanta base que ela tem posta), um brilho demasiado óbvio (glitter/purpurina em vez de partículas reflectoras), um brilho demasiado claro (depende da cor da pele, o que é claro para uma morena pode ser ideal para uma loira, por exemplo) ou simplesmente demasiado gritante! Vamos convir, ninguém brilha com a luz, só os vampiros do Twilight. Como vês, escolher o iluminador próprio para cada pessoa é uma ciência em si e o que a menina do tutorial usa debaixo de luzes e respectivos reflectores e que tu vês através de uma câmara e de um monitor pode ou não ser o que tu queres usar na rua em plena luz do dia.

Talvez não fosse a resposta que querias, mas é o mais sincero que consigo dar. Espero ter ajudado e, claro, alguma dúvida, já sabes, basta falar!

Anúncios

5 Respostas to “Perguntas E Respostas 27: Usar Muita Maquiagem”

  1. Girl Supimpa Agosto 23, 2013 às 4:25 pm #

    Oi 🙂

    Adorei o o post e das respostas.

    Te convido a participar do Super sorteio de maquiagens
    Aguardo sua visita.
    Estou seguindo. Beijos !
    Girl Supimpa

    • mickysantos Agosto 23, 2013 às 6:21 pm #

      Olá!

      Obrigada 🙂 Gostei muito do site, parabéns e boa sorte!

  2. Cris Agosto 23, 2013 às 11:00 pm #

    Olá! Antes de mais muito obrigada 🙂 Vou começar a seguir as dicas e ver os resultados! Acho que realmente um fator importante deve ser o facto de vermos fotos e videos que são ao longe, além de alterados pelas lentes, e quando me maquilho “colo-me” ao espelho a analisar!

    • mickysantos Agosto 24, 2013 às 10:48 am #

      Analisar demais é sempre um problema, mas tenho a certeza que vais conseguir o look que queres. Depois diz-me se está a resultar ou não 🙂

Trackbacks/Pingbacks

  1. Inspiração | Invicta Maquiagem - Agosto 24, 2013

    […] e nada na parte inferior do olho. Blush e batom combinam, ambos cor de framboesa – falamos ontem aqui em como, quando se quer usar mais maquiagem se pode e deve combinar cores entre si e já se […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: