Perguntas E Respostas 27: Manchas Brancas Nas Unhas

15 Ago

A Maria João perguntou via Facebook:

Olá Micky! Gosto dos teus posts mais científicos e tenho uma grande dúvida. O que são ou o que causa aquelas manchinhas brancas que temos nas unhas por vezes? Já ouvi dizer que era tanta coisa, de falta de cálcio até relacionar as marcas com as mentiras que se contou. Isto de certeza que não pode ser verdade… Se calhar outras pessoas também têm essa dúvida, talvez desse para um post. Obrigada.

Perguntas e Respostas

Olá Maria João! Sim, dá mesmo para um post e se há alguém que adora quebrar um mito, essa pessoa sou eu – e não, não tem a ver com a mentira que se contou à mãe nem nenhuma dessas superstições. A verdade é que há várias causas porque nem todas as manchinhas são iguais. Vamos então por partes, analisando a mancha:

  1. Série de pequenos pontos juntos que fazem uma linha – Se a mancha parece mais uma linha pontilhada, feita de vários pontinhos brancos seguidos, a causa é um trauma à matriz da unha (que é tipo a “raiz” da unha de onde esta cresce). Há pessoas mais ou menos sujeitas a este problema na medida em que há pessoas mais ou menos resistentes. Um trauma não precisa de ser nada grave, até um encontrão ou uma gaveta em que se entalou os dedos sem grande força já pode causar efeitos. Demora muito tempo a aparecer uma marca e se a maioria das pessoas já nem sabe o que comeu ontem ao almoço, também não se vai lembrar daqui a 3 semanas que bateu com a mão aqui ou ali. Não é preciso ficar pisado ou deitar sangue ou ficar dorido para que a marca apareça daí a algumas semanas, um esbarrar mais de força em qualquer coisa é o suficiente para algumas pessoas enquanto que não o é para outras pessoas. É, sem sombra de dúvida, a causa mais comum.
  2. Manchas ou pontos que aparecem no meio da unha – Se notarmos que uma mancha ou ponto já não vem desde a zona da pele e vai progressivamente subindo, pode dever-se a uma alergia. A alergia mais comum nas unhas será a vernizes, endurecedores e produtos do género porque ficam em contacto exclusivo com a unha durante, por vezes, uma semana ou mais.
  3. Linhas mais ou menos finas verticais sem relevodeficiência em zinco. Geralmente, salvo algum grave problema de saúde, ostras, iogurte, bife, espinafres e nozes vão ajudar a aumentar o consumo de zinco.
  4. Linhas horizontais sem relevo – quando uma linha é horizontal e parece sair a um ritmo menor do que aquele ao que a unha cresce, trata-se de uma deficiência de proteína. É, nos países desenvolvidos, comum nos vegetarianos que não se informam bem e não tentam compensar a falta da proteína animal por proteína de origem vegetal. Em países sub-desenvolvidos e em vias de desenvolvimento é, infelizmente, mais comum. Estas linhas estão por baixo da unha em si e uma boa maneira de ver isso é que se pressionarmos a unha uns momentos a linha desaparece uns segundos – chamam-se linhas de Muehrcke. Assim que a proteína ingerida passe a ser suficiente para a necessidade da pessoa em causa, a linha desaparece progressivamente. A fonte de proteína mais óbvia é a carne e peixes (de preferência peixes gordos tipo sardinha, salmão, etc.), mas há pessoas que não podem ou não querem comer carne, de modo que podem encontrar proteína no tofu, feijões, iogurte e queijo, leite de soja (até há uns com proteína extra), nozes e algumas sementes.
  5. Mancha localizada que parece esfarelar – isso tem a ver com falta de cálcio. é uma mancha redonda ou ovalada que parece tornar-se pó. Claro que a solução é ingerir mais cálcio, seja com leites e/ou derivados, folhas escuras (couve escura, espinafres, grelos) ou suplementos.
  6. Mancha difusa – é uma infecção por fungos. É uma espécie de micose e pode espalhar-se às outras unhas. A mancha não tem bordos muito definidos e vai-se espalhando. Deve ser tratada com a ajuda de um médico ou farmacêutico que vai escolher o tratamento mais adequado. Se não for tratada, pode muito bem prejudicar a unha de tal modo que se torne muito doloroso, por exemplo, usar sapatos (se for nos pés, claro) ou manusear objectos do dia-a-dia (se for nas mãos).

Se as manchas forem recorrentes, ou seja, se estiverem sempre a aparecer em várias unhas, convém ir ao médico porque há algumas doenças cuja primeira manifestação externa é precisamente um número anormal de marcas brancas nas unhas. O mesmo se as unhas mudam de repente de cor na sua totalidade (se ficam brancas por todo ou se ficam muito amarelas).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: