Cuidados De Pele – Associação Portuguesa da Psoríase

28 Maio

Já aqui falamos um bocadinho sobre psoríase, vimos o que era, sinais e sintomas e quais se julgam ser as causas. Porém, esta doença atinge 250.000 pessoas só em Portugal, 2% da população mundial, 3 a 5% da população europeia e merece definitivamente uma atenção extra aqui no Invicta Maquiagem. Todos conhecemos alguém que sofra de psoríase, nem que sejam a Kim Kardashian, a Stacy London (do programa “What Not To Wear”) ou a Cameron Diaz!

skincare cuidados de pele

Estimo que, por mês, receba aqui no Invicta Maquiagem cerca de 300 visitas de pessoas com psoríase e o blog ainda não é assim tão grande ou popular quanto isso (mas há-de ser!!!). É muita gente. E por ser muita gente é que eu resolvi pedir ajuda para vos dar mais informação sobre este problema. Falei com a Dr.ª Fernanda Santos, farmacêutica e membro da Direcção da PSO – Associação Portuguesa da Psoríase, que dá apoio a todos quantos sofrem com esta doença. Foi uma conversa interessante que vos deixo aqui em forma de resumo.

[Invicta Maquiagem] O que é a PSO e em que consiste?

[Dr.ª Fernanda Santos] É uma entidade sem fins lucrativos, com âmbito de intervenção a nível nacional. Actualmente, promove e dinamiza campanhas e contactos com o intuito de alertar, despertar e sensibilizar a sociedade para a discriminação social e profissional de que são alvo os cerca de 250 mil portugueses que sofrem de psoríase. Como princiapais objectivos, podemos apontar promover a melhoria da qualidade de vida dos portadores de psoríase, no seu contexto pessoal, profissional e social e promover iniciativas de índole social e cultural com o propósito de esclarecer e sensibilizar a opinião pública acerca das características da doença, bem como desenvolver esforços no sentido de o Serviço Nacional de Saúde reconhecer a psoríase como doença crónica. Há mais informação sobre os nossos objectivos no nosso site, que é www.psoportugal.com

[IM] Como surgiu?

[FS] A PSO é o resultado da união de um conjunto de pessoas que, em 2004 sentiu a necessidade de criar uma associação que defendesse, apoiasse e desse voz aos doentes de psoríase de várias formas.

[IM] Quem se pode tornar associado e como? Quais as vantagens de o fazer?

[FS] Todos se podem tornar associados, independentemente de terem ou não esta doença de pele. As vantagens passam pelo simples facto de que quantos mais formos na Associação, mais força teremos. Quem quiser associar-se por entrar em contacto connosco através do nosso site.

[IM] Se só pudesse dar uma informação a todas as pessoas, qual seria?

[FS] Viver bem com a psoríase é possível, basta que se procure estar bem. Há muitos estudos que também são disponibilizados pela PSO em que o doente pode aprender muito. Por exemplo, algo que é pouco sabido sobre esta doença é que a exposição moderada e consciente ao sol melhora, e muito, os episódios!

[IM] Tem alguma marca ou produto de referência para os doentes de psoríase?

[FS] Marcas são sempre muito subjectivas, o que importa é que se tenha prazer em aplicar determinado produto. Se eu não gostar da textura, do toque de um produto, nunca o vou usar, ou vou usar poucas vezes. É preciso olhar, perceber, pedir feedback e nunca, mas nunca, usar algo de que não se gosta. Outra questão é que, na minha opinião, devemos ir mudando de produtos, não só para experimentar, mas também para não nos cansarmos.

[IM] O que tem a dizer sobre o estigma que sofrem pessoas com psoríase?

[FS] No fundo, no fundo, o estigma percebe-se. A maioria das doenças de pele tem um estigma associado. A psoríase é uma doença que se vê e que deixa sinais. A única maneira de combater o estigma é informar, informar toda a gente ao nosso redor. Algumas pessoas sentem-se melhor ao usar maquilhagem (apropriada) para disfarçar o problema, e não há nada de errado nisso, mas não devem nunca esquecer de que informar os outros vai fazer com que o estigma desapareça. Esta doença não é contagiosa e a pessoa com psoríase pode e deve levar uma vida normal.

[IM] O que deve fazer uma pessoa que suspeite que possa ter esta doença? 

[FS] Muitas vezes a primeira paragem é na Farmácia. Mostrar as manchas, falar em descamação… Um bom profissional vai poder aconselhar e encaminhar! Vai ajudar a manter a restante pele sã e vai poder acompanhar com mais proximidade do que um médico. Claro que a ida ao médico é obrigatória, mas o primeiro passo pode sim ser dado na Farmácia.

Anúncios

6 Respostas to “Cuidados De Pele – Associação Portuguesa da Psoríase”

  1. mmsf03 Maio 28, 2013 às 3:21 pm #

    Adorei este artigo! Sinto-me muito mais informada acerca da psoríase e desteme algo interessante para ler enquanto não se faz nada por aqui, obrigada!

    • mmsf03 Maio 28, 2013 às 3:22 pm #

      *Deste-me

      • mickysantos Maio 28, 2013 às 3:24 pm #

        Fico contente! É um problema tão comum e tão desconhecido ao mesmo tempo!

  2. Paulo Vasco Maio 28, 2013 às 5:33 pm #

    Outra publicação merecedora do meu aplauso: beleza, saúde e diferenças!

  3. Paulo Figueiredo Maio 29, 2013 às 11:27 am #

    Quanto mais informação existir sobre a doença, menor será alguma descriminação e rejeição sobre quem sofre da mesma, a vergonha de mostrarmos o nosso corpo e explicar a quem o mostramos a causa das “manchas”, acaba por ser mais deprimente que por vezes lidar com a própria doença !

    • mickysantos Maio 29, 2013 às 1:19 pm #

      É bem verdade, Paulo, a informação é essencial! Obrigada pelo comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: