Pequeno Exclarecimento De Opinião

8 Ago

Segunda-feira e ontem falei de procedimentos cosméticos que são caros e drásticos. Quero dar-vos duas palavrinhas sobre o que é que eu acho sobre produtos e procedimentos anti-envelhecimento. Lembrem-se de que não estou a falar de comprimidos nem de hormonas e que o que vou dizer limita-se à parte cosmética do assunto.

O que eu acho, sem falar demasiado, é que há pessoas que envelhecem com graciosidade e outras que nem por isso. Por “envelhecer com graciosidade”, entendo aquela pessoa que está perfeitamente em paz com o decorrer natural da vida e com o que o tempo faz ao nosso corpo. Claro que há pessoas nas quais os anos mal se notam, e há outras nas quais, por vezes, adivinhamos mais anos do que aqueles que elas realmente têm. Acho fantástico uma pessoa envelhecer bem, de bem consigo mesmo e com a certeza de a Mãe Natureza a está a tratar muito bem ou sem a menor preocupação com “essas coisas”.

O que acontece é que depois há as outras pessoas. As pessoas que, por uma razão ou por outra, acham que envelhecer não é assim tão divertido quando olham ao espelho. Se essas pessoas acham que precisam de alguma ajuda cosmética, venha ela em forma de cremes, tratamentos ou algo mais drástico como cirurgia, se estão dispostas a submeter-se a experimentar coisas que podem resultar ou não, se têm a consciência de que o devem fazer por si próprias e pela sua paz interior e não pelo que os outros pensam ou dizem e se procurarem profissionais competentes lembrando-se de pesquisar e de pedir segundas e terceiras opiniões, não vejo porque não procurar ajuda.

Sim, eu sei que é caro, e sei que não é para toda a gente. Tenho “só” 24 anos e espero sinceramente que os anos sejam bondosos comigo e com a minha aparência. Se assim não for, o tempo o dirá e havemos de falar sobre o assunto e saber se eu continuo com a mesma opinião. Porém, para já, a minha opinião é que se algo nos faz feliz, não prejudica terceiros, não é ilegal e está minimamente dentro do nosso orçamento… Sou totalmente a favor!

Há posições muito radicais contra tudo que se faça para retardar os efeitos do tempo. Há quem diga que é anti-natural, que demonstra fraqueza de carácter… Não entendo a necessidade de julgar e rotular uma pessoa que está à procura de um caminho para gostar mais daquilo que vê quando se olha ao espelho. Claro que há exageros, claro que há pessoas que precisam de ajuda para os problemas da mente e da alma antes de procurarem ajuda para os problemas físicos (que podem ou não lá estar), mas cada caso é um caso e o bom senso devia imperar tanto em que se propõe a retardar os efeitos do tempo como em quem acha que a sua opinião foi requisitada.

Insisto, torno a insistir e insistirei em que procurar profissionais sérios e qualificados é da mais extrema importância. Duvidem de tudo o que parecer bom de mais e de promessas que parecem exageradas. Visitem as instalações, peçam para ver credenciais tanto do local como de quem vai cuidar de vocês e peçam para ver resultados em outras pessoas. São os cuidados mais básicos a ter connosco mesmos!

E vocês? O que acham? Comentem, falem, debatam… Adorava saber o que pensam deste assunto!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: