7 Mitos e Questões Frequentes Sobre Protectores Solares

18 Maio

Há sempre questões e mitos que é preciso combater activamente no que diz respeito a cosméticos e a cuidados de pele. Com os protectores solares não é diferente. Se tiverem mais questões ou dúvidas, deixem-me um comentário já que terei todo o gosto em vos responder.

1.Se o meu protector solar for resistente à água, basta aplicar uma vez. 

Este é um mito muito comum. O facto de um produto dizer que é resistente à água não quer dizer muito: quer apenas dizer que é resistente à transpiração moderada e à humidade do ar. No verão, e estando ao sol, a transpiração é mais intensa e, como tal,  a resistência à água fica muito diminuída. Assim, não, não basta aplicar o protector solar uma vez – é preciso aplica-lo a cada 2 a 3 horas enquanto se está ao sol e sempre que se for à água.

2.Será que o SPF da minha base chega?

A resposta categórica é não. E sabem porquê? Porque a base dificilmente é o primeiro produto que colocamos no rosto e isso é super importante como já falámos aqui no site, já que a protecção solar oferecida por este tipo de produtos é química. Antes da base, costumamos usar, pelo menos, creme hidratante e é por isso que a base só não chega. Além disso, nunca ou quase nunca aplicamos quantidade suficiente da base para que ela tenha o SPF que diz na embalagem. E ainda além de tudo isto, que é que reaplica base de duas em duas horas (como se deve fazer com protector solar enquanto estamos expostos)?


3.Um protector solar SPF 60 protege o dobro de um SPF 30.

Também é um mito. O que está provado hoje em dia é que um SPF 2 bloqueia os efeitos de cerca de 50% dos raios do sol, um SPF 15 bloqueia os efeitos de cerca de 94% dos raios solares e um SPF de 30, bloqueia os efeitos de cerca de 97% dos raios solares. Já um SPF 100, bloqueia 99% desses efeitos. Assim, a diferença entre um SPF 30 e um de 60 é quase nenhuma.  Aliás, a não ser para casos muito específicos, deve usar-se um SPF entre 15 e 30, já que os mais altos não oferecem muito mais protecção, mas são mais caros e mais difíceis de aplicar.


4.Se o meu hidratante tiver SPF 15 e o meu protector solar tiver SPF 30, tenho uma protecção de 45 (15+30).

Infelizmente, não é assim. A protecção solar é tão alta quanto a que for dada pelo primeiro produto a tocar a pele. Assim, se aplicarmos um protector solar de SPF 15 e outro de 30, a protecção solar vai ser equivalente ao de 15, por exemplo.


5.O protector solar do ano passado ainda está bom este este ano.

Se se deve usar duas colheres de sopa para o corpo de cada vez, re-aplicar a cada duas horas e se um frasco de protector solar tem em média 10 a 12 colheres de sopa de protector solar, porque é que o protector solar do ano passado ainda existe? Pronto, pode ter ficado esquecido na mala ou podem ter comprado a mais, mas é preciso pensar se se está a usar protector solar suficiente. Posto isto, o SPF vai diminuindo a partir do momento em que o frasco é aberto. Depois de um ano, o SPF já diminuiu e ao fim de três, já está muito reduzido por isso, embora ainda possam utilizar o protector do ano passado, é preciso prestar atenção aos efeitos e se virem que já não funciona da mesma maneira, deitem-no fora.

verão, praia, areia, estrela do mar
6.Será que sou alérgico(a) ao protector solar?

É pouco provável. O que pode acontecer é que a alergia a um componente específico do protector solar. Os protectores solares têm uma mistura de ingredientes, diferentes e em proporções diferentes de uma marca para a outra. Assim, se não se sentirem bem com um protector solar, experimentem outra marca ou até mesmo outra linha da mesma marca, já que isso pode perfeitamente resolver o vosso problema.

7.O protector solar é pegajoso e desconfortável, por isso aplico pouco mas estou protegido(a) à mesma.

Não. É mesmo importante que se use a quantidade suficiente para garantir que a pele fica toda protegida e protegida por igual. Há estudos que provam que, se não se aplicar o protector solar convenientemente, o SPF pode baixar até à raiz quadrada – o que quer dizer que, por exemplo, um SPF de 15 passa para 4 e um de 50, para 7!

Anúncios

3 Respostas to “7 Mitos e Questões Frequentes Sobre Protectores Solares”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cuidados De Beleza – 5 Mitos Comuns | Invicta Maquiagem - Março 11, 2013

    […] saibam, gosto particularmente de esclarecer e desfazer mitos. Já falei de 7 mitos e questões frequentes sobre protector solar e sobre alguns mitos em torno da base, bem como de algumas “inverdades” no mundo da […]

  2. Cuidados De Pele – 6 Dicas Para Prevenir O Envelhecimento Precoce Da Pele | Invicta Maquiagem - Maio 20, 2013

    […] SPF UVA e UVB, Tipos e Ingredientes Comuns em Protectores Solares, Aplicação do Protector Solar, 7 Mitos e Questões Frequentes Sobre Protectores Solares  e ainda para quem tiver curiosidade, a História Do Protector […]

  3. Perguntas & Respostas #24: Mais Protector Solar! | Invicta Maquiagem - Julho 1, 2013

    […] validade dos protectores solares! Falei mais ou menos por alto do assunto num artigo que fiz sobre mitos referentes ao protector solar. O protector solar tem uma duração de três anos, apesar de ir perdendo “poder” e de […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: