Novidades – BelláPierre Cosmetics

4 Abr

A BelláPierre foi fundada em 2005, seguindo a linha de cuidados de pele de David Oren. Esta marca produz maquiagem mineral e natural, o que vai de encontro às tendências actuais e ao que o mercado procura hoje em dia.

Confesso que até há dias ainda não tinha tido a oportunidade de me familiarizar com esta marca apesar de conhecer bastantes marcas de maquiagem mineral e de já ter usado bastantes bases minerais (falei aqui um pouco sobre bases minerais, se tiverem interesse). Já tinha lido sobre a marca e visitado o site, mas ainda não tinha “metido a mão na massa”, como se diz. No fim de semana passado visitei e Expo Cosmética e, para minha surpresa, havia lá um stand da BelláPierre. É claro que eu não ia perder a oportunidade de espreitar. Demorei-me alguns momentos neste stand em particular e tenho a dizer que fiquei muito bem impressionada. Não me impressiono com pouco e sou bastante selectiva com aquilo a que presto atenção, porém até eu reconheço que é difícil passar por um expositor de sombras coloridas e não parar para ver.

Gostei das sombras e a pigmentação (a “força” da cor, por assim dizer) da maioria é excelente mas gostei mais dos blushes e bronzers. As cores são fantásticas e adequadas a todos os tipos, tons e cores de pele. Contudo, para mim, o produto-estrela desta marca são mesmo as bases. As bases BelláPierre são constituidas apenas por quatro ingredientes: um para dar cobertura, um para dar cor e dois para proteger do sol. As bases minerais em geral têm protecção solar e as desta marca não são excepção – têm SPF 15.  Ainda sobre bases, quero dizer que vendem as bases em forma de pó solto e de pó compacto, que é muito mais prático para a maioria das pessoas. A selecção de cores deixa um pouquinho a desejar, mas não é má de todo e parece-me bem melhor do que a da maioria das marcas de maquiagem mineral que vejo no dia-a-dia.

Esta marca também tem primers (primários) de maquiagem, máscara (o que é raríssimo no mundo da maquiagem mineral), batons e até o pincel kabuki que é mandatório para aplicar base mineral … só falta mesmo o corrector apesar de a base cobrir bastante bem. Eu disse que era exigente, tenho que exigir, não é?

A minha última nota sobre esta marca (por agora! Estou interessadíssima no que esta marca tem para oferecer) vai para a secção de perguntas frequentes do site da marca. Há muito tempo que não via uma secção de dicas de uso e aplicação assim tão completa e bem feita. Pelos vistos, a marca preocupa-se mesmo com os clientes o que é sempre uma óptima referência.

UPDATE:

Desde a publicação deste artigo que tenho uma novidade excelente. Tenho um código para conseguirem 10% de desconto na compra dos produtos desta marca. Vejam a imagem a baixo e cliquem nela para serem levados para o site. Depois de seleccionarem os produtos que querem, basta aplicarem o código no check out! Fácil, fácil.

Anúncios

11 Respostas to “Novidades – BelláPierre Cosmetics”

  1. Paulo Vasco Pereira Abril 4, 2012 às 5:56 pm #

    Também não deixa de ser interessante como, na homepage, jogam com a imagem feminina e masculina sem qualquer preconceito. Sim, porque ao referirem que as bases são recomendadas por dermatologistas, eis-me aqui para o comprovar. Em 96 tive uma das piores formas de acne, não obstante os meus 22 anos. A sucessiva luta contra a acne levou-me, inconscientemente, na limpeza, a matar a flora bacteriana boa existente no rosto.
    Era eu um jovem professor estagiário, com quistos na testa e algumas zonas do rosto. Para além da medicação administrada por via oral e proteção solar, para reduzir os complexos foi-me proposta pelo dermatologista, uma base que ainda se encontra no mercado, da Avéne. Senti-me muito mais confiante na sala de aula pois as dores estavam lá (os quistos não tinham aquela ponta amarela) mas as bruxas estavam escondidas, não sendo assim motivo de chacota para algum aluno.
    Que este meu caso sirva de exemplo a jovens, adultos, etc com problemas idênticos. Enquanto com problemas, ninguém precisa saber!!! Já nos basta o sofrimento provocado pela doença. Nem imaginam a vergonha que uma vez senti na então retrógrada e moralista cidade de Viseu, ao adquirir o produto numa farmácia que não a habitual… Mas temos sempre aquela amiga, a namorada, a mãe ou então, como fazia “eu sou eu e as minhas circunstâncias” e toca em ir à luta.
    Lutemos pela nossa saúde!

    (parabéns pelo artigo)

    • mickysantos Abril 4, 2012 às 6:25 pm #

      Também passei (e por vezes ainda passo) pela acne cística. É, de veras, uma experiência que não desejo a ninguém. Porém, encontrei muito bons resultados com microdermabrasão. Após um tratamento intensivo (bem, ao fim e ao cabo, retirar a camada superior da pele de 15 em 15 dias) de cerca de 3 meses, basta-me ir fazer o tratamento em meses alternados durante as estações frias. Claro, de vez em quando, não escapo à maldição, mas nem há comparação. Fiz um tratamento no dermatologista, tomei doses absurdas de medicamentos fortes, sofri os efeitos secundários mas só mesmo a microdermabrasão é que me livrou do problema maior. Como sempre, obrigada por comentar.

      • Paulo Vasco Pereira Abril 6, 2012 às 8:02 pm #

        Olá boa tarde.
        Eis que vinha eu votar no seu mais recente post (o meu blogue “verdadeiro” está no blogspot e multiply – aqui na forma de homepage) e me deparo com esta sua resposta tão interessante ao meu comentário! Sim, é que estou a passar por nova fase de acne, não quístico mas com pústulas e pápulas no nariz e região da barba. 37 anos a caminho dos 38 com acne… Não é muito mas o suficiente para se tornar desconfortável e deixar a pele tipo “repuxada”. De nada está a adiantar o normaderm ou o gel preparado na farmácia.
        Sugere que faça dermabrasão? Em dermatologista ou centro de estética ou com aquele produto da ROC?
        Estou a fazer a minha linha clinique mas assim, sinceramente, nem sei o que devo usar 😦
        Muito obrigado,
        Paulo

      • mickysantos Abril 6, 2012 às 9:05 pm #

        A dermabrasão ou microdermabrasão não pode ser feita por cima da pele lesada, tem que ser em redor. Previne que apareçam novas lesões mas não trata as que já se tem. Se optar por experimentar esta técnica, recomendo o dermatologista ou o gabinete de estética, mas um no qual confie plenamente. O acne adulto é uma criatura à parte, tem sempre um tratamento diferente do juvenil. Sugiro um produto de lavagem suave e esfoliação leve nas áreas não afectadas. Um protector solar com hidratante para de dia (ou então colocar primeiro o protector solar e depois o hidratante comum não comedogénico) e o tal gel de manipulação (o da farmácia) à noite. Não me diz a composição desse gel mas suponho que tenha sido recomendado por um dermatologista e, por tanto, apropriado. Não sei se compreende bem o Inglês ou não, mas não tiver problemas com o idioma recomendo-lhe este vídeo http://www.youtube.com/watch?v=xAv8-6hkYko que talvez o ajude e com o qual talvez se identifique. O Wayne Goss é extremamente competente mas parece um bocadinho drástico. Porém, para grandes males, grandes remédios.

      • Paulo Vasco Pereira Abril 6, 2012 às 11:00 pm #

        Muito obrigado, uma vez mais.
        Estou já a assistir ao vídeo no youtube (inglês não é problema. Problema é sim encontrar gabinete de estética de confiança em Viseu pois são tantos…)

  2. Filomena Abril 5, 2012 às 11:36 am #

    Gostei muito do conceito desta marca, apesar de os preços serem um bocadinho acima do que costumo comprar, mas é capaz de valer a pena.
    Surge-me uma dúvida: como é que se experimenta a base de uma loja online?

    • mickysantos Abril 5, 2012 às 12:45 pm #

      Olá Filomena. Obrigada por comentares. Pois é… não se experimenta. Tem que ser um bocadinho por “adivinhação”. Alguma lojas disponibilizam amostras a baixo custo e outras ainda tabelas que facilitam a escolha. Quando isto não é disponibilizado e quando não se faz a menor ideia do que escolher eu, pessoalmente, contacto a empresa – geralmente têm pessoas que estão acostumadas a estas perguntas e podem ajudar.

      • Filomena Abril 6, 2012 às 7:43 pm #

        Obrigada pela sugestão 🙂

  3. Andreia Abril 17, 2013 às 2:42 pm #

    Olá Filomena, muito boa tarde.

    Poderá nos contactar diretamente através do e-mail: andreia.teixeira@bellapierre.pt e ajudaremos na escolha dos produtos. Sem problema.
    A Micky pode comprovar que o atendimento (por enquanto online) é personalizado 🙂

    Prevemos a abertura de uma loja Bellápierre brevemente 😉

    Micky obrigada pelo artigo, e esperamos que continue sempre satisfeita com os nossos produtos, porque de facto para nós, antes da beleza vem a saúde.

    E daí escolhermos trazer para Portugal uma maquilhagem 100% mineral, e acima de tudo: bonitas mas saudáveis 😉

    Um beijinho!

    • mickysantos Abril 17, 2013 às 10:17 pm #

      Obrigada eu, Andreia, por todo o carinho e atenção!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Maquiagem – Kit Wild Forest Bellápierre | Invicta Maquiagem - Abril 25, 2013

    […] se lembrem de uma marca que eu apresentei aqui no blog há bastante tempo, a Bellápierre. Hoje conto-vos sobre um kit de sombras da marca que adquiri recentemente e cujo tema é o verde. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: