Como Aplicar A Base

17 Mar
Aplicar base com pincel

Aplicar base com pincel

Agora que já aprendemos a escolher a base a e experimenta-la, é altura de aplicar. Há três maneiras principais de aplicar as bases em líquido e em creme. As bases em pó só podem sem aplicadas com pincel e, na quinta-feira passada, já falamos de como é que se faz.  Vamos às bases em líquido e creme. Apesar da textura ser diferente, a aplicação é quase a mesma.

Método 1 – Usar as Mãos

Usar as mãos para aplicar a base tem os seus prós e os seus contras. Os contras são que é preciso ter cuidado extra com a higiene das mãos antes de aplicar, a aplicação nem sempre é muito uniforme e que para quem usa unhas compridas é uma tarefa quase impossível. Os prós são que o calor das mãos vai aquecendo a base e tornando-a mais fácil de espalhar, que não se desperdiça muito produto e que, é claro, não há necessidade de comprar ferramentas extra.

Não há muito para explicar à cerca deste método já que não há muito por onde variar. Coloquem um pouco de base nas costas da mão e com as pontas dos dedos da outra mão apliquem o produto do centro do rosto para fora, tendo o cuidado de esbater bem para que não haja manchinhas nem marcas de impressões digitais. Com os dedos é possível esbater bem a base de modo a que fique bastante transparente por isso tirem vantagem disso para uma aplicação bastante natural.

Método 2 – Usar uma esponja

Usar a esponja também tem os seus prós e os seus contras. Há maquiadores que não vivem sem as suas esponjinhas e, para quem trabalha no rosto de outras pessoas, é realmente a melhor opção porque as esponjas são descartáveis. Se eu estiver a maquiar duas ou três pessoas seguidas, é o que prefiro usar. As esponjas também podem dar uma variedade de efeitos e chegam a todos os cantinhos do rosto se bem usadas. Os contras prendem-se com o facto de não durarem muito, de terem que ser lavadas quase todos os dias para garantir não só a higiene como a uma aplicação bonita (isto se a esponja for só vossa. Se não for, é usar e deitar fora!) e o facto que desperdiçam muita, mas mesmo muita base.

Para usar a esponja, a maneira de conseguir uma cobertura mais uniforme é humedecer a esponja. Isto vai fazer com que a base seja aplicada de uma maneira mais leve e que não se forme aquele aspecto “empastado” no rosto. Como sempre, aplicar do centro do rosto para as margens é o ideal. Usar de leves batidinhas em vez de “esfregar” é também o mais indicado porque, de contrário, estariam a colocar e a tirar a base ao mesmo tempo – não é o que pretendemos. Ah! E a última passagem da esponja deve ser de cima para baixo (da testa para o queixo) para abaixar aquela “penugem” do rosto.

Método 3 – Pincel

Confesso que é o meu método preferido para aplicar em mim mesma ou se estiver só a maquiar uma outra pessoa. As principais vantagens são que não suja as mãos, é rápido, é possível uma aplicação mais espessa ou mais transparente e é possível chegar a todos os cantinhos da face. A principal desvantagem é ter que lavar o pincel regularmente. Um pincel sujo é a melhor maneira de a maquiagem ficar “aos risquinhos” – também não é o que pretendemos.

Aplicar a base com um pincel requer, naturalmente, escolher o pincel. Os pincéis mais adequados para base são os com formato oval maiorzinho e sintéticos (vejam a foto abaixo). Sempre, sempre, sempre sintético para aplicar produtos com humidade. É que as cerdas de pelo natural vão absorver o produto e vão deixar muito pouco para colocar na cara. Além de que vão ser mais difíceis de lavar depois. Os pincéis sintéticos são muito mais baratos e estão disponíveis em mais sítios do que os naturais.

Pincel de Base

Pincel de Base – este é da Sigma

Aplicar  a base com um pincel é exactamente igual a aplicar com a esponja só que não se deve molhar o pincel. É muito simples. Para não serem visíveis as tais marcas das cerdas de que falava há pouco há três opções:

Podem trabalhar bem a base com pinceladas curtas e insistentes para que as marcas se esbatam;

Podem, quando acabarem a aplicação, pressionar as palmas das mãos na cara – nada de esfregar;

Podem, quando forem colocar o pó, esbater os traços na base com o pincel de pó.

O método a escolher depende apenas da preferência pessoal e não há um método certo ou errado – desde que gostem do resultado.

Então e vocês? Como é que aplicam a base? Usam alguma dica diferente? Quero saber!

 

Outros artigos que podem interessar:

A Base E O Tipo De Pele

A Cor E O Tom Da Base

 Bases Em Pó E Bases Minerais

Como Experimentar A Base

Acabamentos Das Bases

Mitos Sobre A Base

Anúncios

2 Respostas to “Como Aplicar A Base”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Maquiagem – Base Sun Protection Liquid Foundation da Shiseido (review) | Invicta Maquiagem - Julho 12, 2013

    […] esponja (deve ser usada sempre limpa se escolherem fazer uso dela) e também aplicar com as mãos (técnicas de aplicação de base, falei delas aqui há meio século). Ah, lembrem-se, se sentirem necessidade de retocar a base, é preciso absorver o óleo e […]

  2. Maquiagem – Aplicação De Base Em Pele Seca | Invicta Maquiagem - Setembro 13, 2013

    […] o real tema deste artigo: o método de aplicação. Afinal é por isso que aqui estão! Métodos que envolvam muita fricção, nomeadamente o uso de pincéis estilo kabuki e língua de gato (o […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: