Maquiagem – Os Produtos

9 Mar

Hoje o artigo é uma bocadinho mais extenso, mas senti que era necessário um pequeno glossário de produtos. A maioria é nossa conhecida, mas relembrar é sempre bom. Quero apenas fazer notar que esta lista não é, de modo algum, exaustiva.

Primer– traduzindo literalmente, primer é um primário. É tudo aquilo que colocamos antes da maquiagem com a intenção de que esta dure mais, seja de mais fácil aplicação ou apresente cores mais vibrantes.

Base– a base é, como o próprio nome indica, a fundação para o look. A base é, geralmente, líquida, em creme ou em pó. Porém, encontrar base em stick (imaginem um batom mais largo e maior) e em outras apresentações é cada vez mais comum. A base está sempre a sofrer inovações e a ser melhorada de modo a tornar-se mais e mais realista. A principal função da base é homogeneizar o tom de pele e prepara-la para os restantes produtos. Falaremos em profundidade sobre a base semana que vem.

Corrector– o corrector é muito semelhante à base mas apresenta sempre uma cobertura maior. Porquê? Porque a função dele é exactamente cobrir as imperfeições. Desde olheiras, borbulhas, manchas e descolorações mais severas. É, sem sombra de dúvida, o produto mais poderoso e indispensável de todos.

Iluminador- Em pó ou em creme, este produto faz com que a pele pareça mais luminosa e brilhante, dando um ar mais jovem e saudável à pele. As pessoas com pele oleosa tendem a fugir a sete pés do iluminador porque, por vezes, pode parecer que o brilho do iluminador é oleosidade. Aplicado em pontos estratégicos, pode criar a ilusão duma face mais aberta, de uma estrutura óssea mais proeminente e até de uma expressão mais “acordada”.

Blush e bronzer– as nossas avós chamavam-lhe rouge, as nossas bis-avós chamavam-lhe carmim. O blush tem como função dar cor às faces, fazendo com que o rosto pareça mais iluminado e saudável. As faces rosadas transmitem sempre um ar jovem e alegre. Já o bronzer serve para dar um ar mais bronzeado à pele (do rosto e não só). A cor é geralmente entre o castanho dourado e o alaranjado e deve sempre ser aplicado com a consciencia de que o exagero vai, com certeza absoluta, produzir maus resultados.

Sombra – é um mundo à parte. Não há cor no mundo que já não tenha sido duplicada numa sombra. A sombra tem o poder de criar ilusões de óptica de tal maneira fortes que pode parecer intensificar a cor dos olhos e a profundidade do olhar, bem como modificar a forma dos olhos. O mais comum é a sombra em pó compacto, mas os pós soltos, o creme e outras apresentações são, também, cada vez mais comuns.

Eyeliner – é o delineador de olhos. O lápis e o líquido são os mais usuais, mas o gel tem vindo a ganhar terreno por ser mais fácil de trabalhar. Há eyeliner de todas as cores e com vários acabamentos diferentes. O eyeliner ajuda a definir a forma dos olhos e dar-lhes intensidade.

Máscara de pestanas (ou cílios) – até há bem pouco tempo, só era conhecido como rimmel. Só quando as marcas profissionais começaram a vender ao público em geral é que o termo técnico, máscara de pestanas, se começou a popularizar. Isto porque “Rimmel” é o nome de uma marca que nos habituamos a relacionar com o produto – é como chamarmos “post-it” a todos os papelinhos que têm autocolante na parte de cima independentemente de serem ou não fabricados pela marca Post-It ou chamarmos tupperware a todos os recipientes com tampa de plástico, sejam ou não fabricados pela Tupperware. Ainda ouço muita confusão quanto à terminologia, mas não entendo porquê. A máscara de pestanas serve para dar cor e volume às pestanas. A formulação e a varinha (ou aplicador, ou escova, como queiram) é o que vai ditar se determinada máscara é mais indicada para alongar ou para dar volume às pestanas.

Delineador de lábios – o famoso lápis de lábios, que serve para evitar que o batom saia do contorno dos lábios. É em tudo semelhante ao lápis de olhos. Apenas difere na cor já que, na maioria das vezes, deve ser o mais semelhante possível à cor do batom.

Batom – Batôn, baton, batom… há várias maneiras de escrever, mas é um produto que dispensa apresentações. Estava a começar a perder terreno em relação ao gloss por causa dos mitos de que é mais difícil de aplicar e de que seca os lábios, mas campanhas recentes de várias marcas famosas trouxeram de volta este produto que é a marca da feminilidade por excelência.

Gloss – popular especialmente junto da mulheres mais jovens pela facilidade de aplicação. Há várias texturas e acabamentos sendo que podem dar mais ou menos cor, mais ou menos brilho e conter mais ou menos glitter. Geralmente, é amado ou odiado – o facto é que embora seja de fácil aplicação e consiga dar um bonito efeito molhado aos lábios, também tem tendência a parecer gorduroso se mal aplicado e a colar-se ao cabelo. Apesar de, pela textura, relacionarmos o gloss com uma melhor hidratação e até uma maior protecção dos lábios, isto nem sempre é verdadeiro já que o gloss também pode secar a pele tão delicada dos lábios.

Confessem: qual é o tipo de produto do qual têm mais variedade? Estou curiosa!

Anúncios

16 Respostas to “Maquiagem – Os Produtos”

  1. Daniela Ribeiro Março 9, 2012 às 1:10 pm #

    Tenho imensos glosses =P e lápis dos olhos =P…agora primer =S isso é novidade para mim…é mesmo essencial???? é preciso algum requisito na hora de comprar??? Nunca são muito mencionados e não costumo ver muitas vezes…quais são as melhores marcas???

    • mickysantos Março 9, 2012 às 2:30 pm #

      Não, o primer não é mesmo essencial. É importante, mas não essencial. Ele faz com que todos os produtos aplicados por cima deles funcionem melhor. Há primer para a face, para os olhos e para os lábios e os requisitos e as marcas diferem. Contudo, os da Sephora são muito bons e encontram-se com facilidade.

  2. Paulo Vasco Pereira Março 10, 2012 às 6:47 pm #

    Outro excelente artigo 🙂

    • mickysantos Março 10, 2012 às 8:15 pm #

      Obrigada por ler 🙂

      • Paulo Vasco Pereira Março 10, 2012 às 9:33 pm #

        Não tem que agradecer pois para mim é um prazer, acredite!

        A minha pele sempre foi diferente dado o fotótipo nórdico. Encontrar produtos para mim, sobretudo nas fases de acne, foi um pesadelo. Mesmo os atuais produtos ditos “masculinos”, para mim são excessivamente secos, repuxando a pele, e os femininos, na sua maioria, oleosos. É uma luta curiosa pelo bem estar.

        E todos, mesmo todos, nos devemos sentir bem com/na nossa pele. Neste momento, por exemplo, na minha direção de turma, aos alunos carenciados, estou a ensinar a aplicar champô, creme de mãos, óleo de amêndoas doces, etc, etc. Ou seja, higiene associada à hidratação, recorrendo a produtos de baixo custo.

        Abraço.

      • mickysantos Março 10, 2012 às 9:53 pm #

        Já experimentou o sistema de três passos da Clinique? Quando alguém me fala de peles que fogem à norma e não se dão com nada, recomendo sempre passar por lá e informar-se. Sim, não são baratos, mas valem a pena. Com o sistema de 3 passos e um creme de dia tem tudo o que precisa. Por causa do tom de pele, é normal que a sua pele seja mais sensível do que outra coisa qualquer. Quanto a ensinar cuidados de higiene e tratamento de pele a pessoas carenciadas é uma causa nobre! Assim as pessoas sentem-se melhor consigo mesmas e a vida parece melhor. Conhece um projecto que há nos EUA em que as raparigas podem doar os vestidos dos bailes de finalistas para que outras raparigas menos favorecidas possam também ter um “dia de princesa”?

      • Paulo Vasco Pereira Março 10, 2012 às 10:45 pm #

        Por acaso não conhecia o projecto mas é deveras interessante. Afinal, acumulamos tanto nos nossos armários para quê? Todos estamos de passagem e o nosso final é uma eterna incógnita.

        Boa ideia a dos produtos da Clinique. Por acaso ainda não experimentei (penso ter tido apenas uma máscara de limpeza pelos 22-23 anos). Tenho-me entendido com os produtos MaryKay (e alguns do Boticário) mas são difíceis de encontrar e fico sempre reticente às vendas por catálogo. Por outro lado, já tenho 37 anos e embora sem rugas, penso que devo prevenir. Vou seguir a sua sugestão. Muito obrigado.

      • mickysantos Março 10, 2012 às 10:53 pm #

        De nada! Depois diga-me o que achou. E sim, aos 37 convém prevenir – a melhor prevenção para as primeiras rugas é a hidratação.

      • Paulo Vasco Pereira Março 11, 2012 às 1:36 am #

        Concerteza. Muito obrigado.

  3. Maria João Borges Março 20, 2012 às 1:22 am #

    Gostei do promenor que o gloss cola ao cabelo…. xD sempre que saio á rua o cabelo cola-se aos labios e depois fica todo peganhento.. já á uns tempos que ponho gloss só depois de chegar aos sitios em que o pretendo usar… :p e nao sabia que rimel era uma marca.. :p mas pa mim todo o pao de forma é pan rico ehheheheheheheh

    • mickysantos Março 20, 2012 às 8:48 am #

      Olá! Em vez de só colocar gloss quando se chega aos sitios, que tal experimentar um batom com brilho? Dão o mesmo efeito bonito e húmido, mas sem colar.

  4. tania Abril 24, 2012 às 11:03 pm #

    hmm produto que tenho mais…. sem duvida sombras… 🙂 sim sem duvida que uma das nossas lutas sao os glosses pegajosos!!! mas pronto… não dizem que Mulher para ficar bonita tem que sofrer??? se aguentamos um bom par de saltos altos tb aguentamos um gloss pregajoso 😛

    • mickysantos Abril 24, 2012 às 11:14 pm #

      Boa comparação 😀 eu confesso que sou mais de batom do que de gloss quando faço a minha propria maquiagem

Trackbacks/Pingbacks

  1. A Cor E O Tom Da Base « Invicta Maquiagem - Março 13, 2012

    […] A cor é a medida de quão clara ou quão escura a base é. É tão simples quanto isso. A base deve ter a mesma cor que a nossa pele. Se, por algum motivo, acham que estão pálidas ou que precisam de um bocadinho de sol, usar uma base mais escura do que a pele do vosso rosto não vai ajudar. Só vai fazer com que pareça que estão a usar uma máscara. Se um aspecto estilo “acabei de vir de férias” é o que procuram, o bronzer serve para isso (conversamos sobre o que é o bronzer outro dia, no glossário de productos. Cliquem aqui para espreitar) […]

  2. Novidades – Teint Divin Pó Mineral Caudalíe « Invicta Maquiagem - Abril 17, 2012

    […] Já devem ter percebido que gosto muito de maquiagem mineral. Tenho a pele sensível e é por isso que gosto de a usar, mas também a acho melhor para todos os tipos de pele (falando em tipos de pele, se ainda não sabem o vosso, vejam aqui) e aplicável na maior parte das situações. Falei um bocadinho sobre bases minerais há algum tempo e se ainda não sabem muito bem o que são, informem-se aqui.  Embora este pó do qual vos vou falar não seja uma base, o que eu disse sobre esses produtos também se aplica neste caso. Na verdade, este produto assemelha-se mais a um bronzer. […]

  3. Perguntas & Respostas #3: Primers « Invicta Maquiagem - Outubro 19, 2012

    […] é, os primers são um tipo de produto que tem vindo a ficar muito popular. Um primer é um produto, geralmente à base de silicone, que […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: